Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 13 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Para dar fim a marcas negativas, São Paulo decide vaga contra Galo

Marcos Bezerra/Estadão Conteúdo Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Tricolor briga para chegar à fase semifinal
da Libertadores pela primeira vez desde 2010


Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

18/05/2016 | 07:00


O São Paulo busca derrubar tabu e acabar com sina diante do Atlético-MG, no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, na partida de volta das quartas de final da Libertadores após ter vencido a ida por 1 a 0. Podendo jogar pelo empate nos 90 minutos, o Tricolor quer finalmente se classificar à fase semifinal da competição continental, algo que não acontece desde 2010, e, de quebra, acabar com histórico ruim diante de adversários brasileiros: as últimas sete eliminações – todas após o título de 2005 – foram diante de clubes do País, sendo que duas aconteceram ante Cruzeiro e Internacional, uma frente ao Fluminense, uma diante do Grêmio e uma contra o Galo.

“Sabemos que foi importante chegar entre os oito melhores da América, agora vamos tentar ficar entre os quatro”, afirmou o técnico Edgardo Bauza na chegada da equipe a Belo Horizonte, que ocorreu duas horas depois do previsto. “Vamos deixar tudo em campo. O Atlético tem uma grande equipe, mas nós temos bons jogadores também. Ainda faltam 90 minutos”, completou o argentino.

O único desfalque será o suspenso Centurión, punido com três partidas de gancho pela Conmebol por cuspir em adversário nas oitavas de final. Desta forma, a equipe deve ser a mesma que vem atuando nas últimas partidas, com Michel Bastos, Ganso e Kelvin no meio e Calleri na frente.

Se a escalação não é um problema para Bauza, a arbitragem parece ser, já que o treinador pediu autoridade ao uruguaio Andrés Cunha, que apitará o duelo.

“O que queremos é o que o árbitro esteja à altura das circunstâncias, as duas equipes precisam dele. Espero que ele faça uma boa partida”, disse.

Já pelo lado atleticano, Diego Aguirre tem dois problemas e uma dúvida. A dupla de volantes Rafael Carioca e Júnior Urso está suspensa, enquanto o atacante Robinho é dúvida por conta de dores musculares – Clayton, Hyuri e Carlos brigam pela vaga. No meio, Cazares e Dátolo podem jogar, assim como Eduardo e Lucas Cândido.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Para dar fim a marcas negativas, São Paulo decide vaga contra Galo

Tricolor briga para chegar à fase semifinal
da Libertadores pela primeira vez desde 2010

Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

18/05/2016 | 07:00


O São Paulo busca derrubar tabu e acabar com sina diante do Atlético-MG, no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, na partida de volta das quartas de final da Libertadores após ter vencido a ida por 1 a 0. Podendo jogar pelo empate nos 90 minutos, o Tricolor quer finalmente se classificar à fase semifinal da competição continental, algo que não acontece desde 2010, e, de quebra, acabar com histórico ruim diante de adversários brasileiros: as últimas sete eliminações – todas após o título de 2005 – foram diante de clubes do País, sendo que duas aconteceram ante Cruzeiro e Internacional, uma frente ao Fluminense, uma diante do Grêmio e uma contra o Galo.

“Sabemos que foi importante chegar entre os oito melhores da América, agora vamos tentar ficar entre os quatro”, afirmou o técnico Edgardo Bauza na chegada da equipe a Belo Horizonte, que ocorreu duas horas depois do previsto. “Vamos deixar tudo em campo. O Atlético tem uma grande equipe, mas nós temos bons jogadores também. Ainda faltam 90 minutos”, completou o argentino.

O único desfalque será o suspenso Centurión, punido com três partidas de gancho pela Conmebol por cuspir em adversário nas oitavas de final. Desta forma, a equipe deve ser a mesma que vem atuando nas últimas partidas, com Michel Bastos, Ganso e Kelvin no meio e Calleri na frente.

Se a escalação não é um problema para Bauza, a arbitragem parece ser, já que o treinador pediu autoridade ao uruguaio Andrés Cunha, que apitará o duelo.

“O que queremos é o que o árbitro esteja à altura das circunstâncias, as duas equipes precisam dele. Espero que ele faça uma boa partida”, disse.

Já pelo lado atleticano, Diego Aguirre tem dois problemas e uma dúvida. A dupla de volantes Rafael Carioca e Júnior Urso está suspensa, enquanto o atacante Robinho é dúvida por conta de dores musculares – Clayton, Hyuri e Carlos brigam pela vaga. No meio, Cazares e Dátolo podem jogar, assim como Eduardo e Lucas Cândido.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;