Fechar
Publicidade

Sábado, 14 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Dia das Mães supera expectativas


Alexandre Melo
Paula Cabrera

10/05/2011 | 07:04


O Dia das Mães deste ano atraiu até 33% mais público às lojas instaladas em shoppings e no comércio de rua do que em 2010. Vestuário, calçados e perfumes foram as vedetes na preferência dos consumidores da região. Aqueles que deixaram as compras para última hora enfrentaram longas filas durante o sábado e o domingo.

"Muitas lojas precisaram de apoio para organizar as filas. Foi um fim de semana muito próspero e os lojistas ficaram muito satisfeitos com o resultado", comemora a gerente de marketing do Mauá Plaza Shopping, Ariane Oliveira.

Foram cerca de 130 mil consumidores circulando nos corredores do centro comercial apenas no sábado, movimentação 33% maior frente a igual período de 2010.

"Estimávamos aumento de 20%, mas superou nossas expectativas", avalia a gestora do empreendimento. No complexo, os clientes enfrentaram no mínimo uma hora de espera para encontrar vaga no estacionamento.

Em Santo André, no Shopping ABC, o fluxo de clientes foi 15% superior ao mesmo período de 2010. Segundo a associação de lojistas do complexo, o número de visitantes só não foi maior devido às limitações físicas do shopping.

"O estacionamento é um grande gargalo. Se tivéssemos mais espaço, certamente o público teria sido muito maior. Ficamos estrangulados", diz o presidente da associação e diretor da Mais Valdir, Oswaldir Bertho Bono.

O diretor de relações institucionais da Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping), Luís Augusto Ildefonso da Silva, sinaliza que os comerciantes que têm operação nos centros de compras tiveram aumento nas vendas na casa dos 11%, mas o número oficial será divulgado hoje.

COMÉRCIO POPULAR - Para os lojistas localizados na região central de Santo André, o desempenho na data também superou a expectativa. De acordo com a Sol (Sociedade Oliveira Lima e Região), o movimento de consumidores foi 10% maior quando comparado ao Dia das Mães de 2010.

O presidente da Sol, Hélio Farber, contabiliza incremento de 10% no faturamento deste ano, sendo que a projeção era de 8%. Moda feminina foi destaque na preferência dos consumidores, tanto que o volume de vendas foi semelhante ao do período natalino.

A gerente da Lamis, especializada em vestuário feminino, Antonia Silva, afirma que as vendas foram cerca de 20% melhores neste ano. "Os clientes estão gastando mais. O tíquete médio da compra foi de R$ 70." Ela acrescenta que a unidade andreense vendeu mais que as duas localizadas na Rua Marechal Deodoro, em São Bernardo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Dia das Mães supera expectativas

Alexandre Melo
Paula Cabrera

10/05/2011 | 07:04


O Dia das Mães deste ano atraiu até 33% mais público às lojas instaladas em shoppings e no comércio de rua do que em 2010. Vestuário, calçados e perfumes foram as vedetes na preferência dos consumidores da região. Aqueles que deixaram as compras para última hora enfrentaram longas filas durante o sábado e o domingo.

"Muitas lojas precisaram de apoio para organizar as filas. Foi um fim de semana muito próspero e os lojistas ficaram muito satisfeitos com o resultado", comemora a gerente de marketing do Mauá Plaza Shopping, Ariane Oliveira.

Foram cerca de 130 mil consumidores circulando nos corredores do centro comercial apenas no sábado, movimentação 33% maior frente a igual período de 2010.

"Estimávamos aumento de 20%, mas superou nossas expectativas", avalia a gestora do empreendimento. No complexo, os clientes enfrentaram no mínimo uma hora de espera para encontrar vaga no estacionamento.

Em Santo André, no Shopping ABC, o fluxo de clientes foi 15% superior ao mesmo período de 2010. Segundo a associação de lojistas do complexo, o número de visitantes só não foi maior devido às limitações físicas do shopping.

"O estacionamento é um grande gargalo. Se tivéssemos mais espaço, certamente o público teria sido muito maior. Ficamos estrangulados", diz o presidente da associação e diretor da Mais Valdir, Oswaldir Bertho Bono.

O diretor de relações institucionais da Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping), Luís Augusto Ildefonso da Silva, sinaliza que os comerciantes que têm operação nos centros de compras tiveram aumento nas vendas na casa dos 11%, mas o número oficial será divulgado hoje.

COMÉRCIO POPULAR - Para os lojistas localizados na região central de Santo André, o desempenho na data também superou a expectativa. De acordo com a Sol (Sociedade Oliveira Lima e Região), o movimento de consumidores foi 10% maior quando comparado ao Dia das Mães de 2010.

O presidente da Sol, Hélio Farber, contabiliza incremento de 10% no faturamento deste ano, sendo que a projeção era de 8%. Moda feminina foi destaque na preferência dos consumidores, tanto que o volume de vendas foi semelhante ao do período natalino.

A gerente da Lamis, especializada em vestuário feminino, Antonia Silva, afirma que as vendas foram cerca de 20% melhores neste ano. "Os clientes estão gastando mais. O tíquete médio da compra foi de R$ 70." Ela acrescenta que a unidade andreense vendeu mais que as duas localizadas na Rua Marechal Deodoro, em São Bernardo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;