Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

ONU: erradicação da gripe do frango pode levar anos


Da AFP

14/02/2004 | 13:16


O Organização das Nações Unidas (ONU) advertiu neste sábado que a erradicação da gripe do frango no Vietnã pode levar meses – ou até mesmo anos. A doença já causou a morte de 19 pessoas e o sacrifício de cerca de 80 milhões de aves na Ásia.

"Nós achamos que a epidemia não será erradicada antes de vários meses, provavelmente anos", declarou Maria Cheng, porta-voz da Organização Mundial da Saúde (OMS), em Hanói.

"Atualmente estamos pondo em funcionamento a maquinaria para controlar a epidemia", disse Anton Rychener, representante da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO), que também se encontra na capital vietnamita.

Na sexta-feira, a FAO já havia advertido que "a propagação do vírus ainda não tinha sido contida". Camboja, China, Indonésia e Laos prosseguem assinalando novos focos de contaminação.

"O vírus pode sobreviver a um ano de congelamento. Levará tempo. Não estou seguro de que o governo (vietnamita) reconheça essa realidade", assinalou Rychener.

Ele alto funcionário se referia às recentes declarações de várias autoridades em Hanói sobre uma possível autorização da venda de carne de frango no próximo mês, antes do reinício da produção, dentro de alguns meses. Quatorze pessoas morreram pela gripe do frango no Vietnã, onde já foram sacrificadas 35 milhões de aves.

Na Tailândia, o segundo país mais prejudicado pela epizootia, com cinco mortos e 26 milhões de aves sacrificadas, as autoridades se mostraram otimistas.

"Espero que antes do fim de fevereiro a gripe das aves possa ser erradicada", declarou o primeiro-ministro Thaksin Shinawatra, durante seu discurso semanal difundido pela rádio.

Na quinta-feira, o governo tailandês já tinha anunciado que desejava declarar o país livre do vírus antes de 28 de fevereiro.

"A situação melhorou consideravelmente. Todas as zonas foram colocadas em 'zonas amarelas' (onde o vírus foi eliminado)", acrescentou o chefe do governo.

Thaksin Shinawatra prometeu a aplicação de um máximo de medidas para evitar o ressurgimento da epizootia, presente em 40 das 76 províncias da Tailândia.

Na segunda-feira será realizada uma reunião urgente em Nova Délhi sobre a gripe das aves, com representantes de sete países do sul da Ásia. Eles decidirão as modalidades de ação e cooperação ante a epidemia que afeta principalmente a China e o sudeste asiático.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

ONU: erradicação da gripe do frango pode levar anos

Da AFP

14/02/2004 | 13:16


O Organização das Nações Unidas (ONU) advertiu neste sábado que a erradicação da gripe do frango no Vietnã pode levar meses – ou até mesmo anos. A doença já causou a morte de 19 pessoas e o sacrifício de cerca de 80 milhões de aves na Ásia.

"Nós achamos que a epidemia não será erradicada antes de vários meses, provavelmente anos", declarou Maria Cheng, porta-voz da Organização Mundial da Saúde (OMS), em Hanói.

"Atualmente estamos pondo em funcionamento a maquinaria para controlar a epidemia", disse Anton Rychener, representante da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO), que também se encontra na capital vietnamita.

Na sexta-feira, a FAO já havia advertido que "a propagação do vírus ainda não tinha sido contida". Camboja, China, Indonésia e Laos prosseguem assinalando novos focos de contaminação.

"O vírus pode sobreviver a um ano de congelamento. Levará tempo. Não estou seguro de que o governo (vietnamita) reconheça essa realidade", assinalou Rychener.

Ele alto funcionário se referia às recentes declarações de várias autoridades em Hanói sobre uma possível autorização da venda de carne de frango no próximo mês, antes do reinício da produção, dentro de alguns meses. Quatorze pessoas morreram pela gripe do frango no Vietnã, onde já foram sacrificadas 35 milhões de aves.

Na Tailândia, o segundo país mais prejudicado pela epizootia, com cinco mortos e 26 milhões de aves sacrificadas, as autoridades se mostraram otimistas.

"Espero que antes do fim de fevereiro a gripe das aves possa ser erradicada", declarou o primeiro-ministro Thaksin Shinawatra, durante seu discurso semanal difundido pela rádio.

Na quinta-feira, o governo tailandês já tinha anunciado que desejava declarar o país livre do vírus antes de 28 de fevereiro.

"A situação melhorou consideravelmente. Todas as zonas foram colocadas em 'zonas amarelas' (onde o vírus foi eliminado)", acrescentou o chefe do governo.

Thaksin Shinawatra prometeu a aplicação de um máximo de medidas para evitar o ressurgimento da epizootia, presente em 40 das 76 províncias da Tailândia.

Na segunda-feira será realizada uma reunião urgente em Nova Délhi sobre a gripe das aves, com representantes de sete países do sul da Ásia. Eles decidirão as modalidades de ação e cooperação ante a epidemia que afeta principalmente a China e o sudeste asiático.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;