Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 11 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Milícias islâmicas matam 48 cristãos na Nigéria


Do Diário OnLine
Com Agências

26/02/2004 | 10:55


Milícias islâmicas atacaram um povoado cristão na Nigéria e mataram 48 pessoas na noite de terça-feira, de acordo com autoridades do país africano. O ataque aconteceu em Yelwa e muitas das vítimas foram assassinadas dentro de uma igreja onde tinham se refugiado.

Um porta-voz da polícia nigeriana informou nesta quinta que os agressores estavam armados com arma de fogo e flechas. Os conflitos religiosos na Nigéria, país de maioria muçulmana e minoria cristã, deixaram cerca de dez mil mortos nos últimos 15 anos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Milícias islâmicas matam 48 cristãos na Nigéria

Do Diário OnLine
Com Agências

26/02/2004 | 10:55


Milícias islâmicas atacaram um povoado cristão na Nigéria e mataram 48 pessoas na noite de terça-feira, de acordo com autoridades do país africano. O ataque aconteceu em Yelwa e muitas das vítimas foram assassinadas dentro de uma igreja onde tinham se refugiado.

Um porta-voz da polícia nigeriana informou nesta quinta que os agressores estavam armados com arma de fogo e flechas. Os conflitos religiosos na Nigéria, país de maioria muçulmana e minoria cristã, deixaram cerca de dez mil mortos nos últimos 15 anos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;