Fechar
Publicidade

Domingo, 15 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Blix não se impressionou com cooperação do Iraque, diz jornal


Da AFP

14/02/2003 | 09:56


O chefe dos inspetores de armas da ONU, Hans Blix, que nesta sexta-feira apresenta seu relatório não Conselho de Segurança, não está "impressionado" com a cooperação de Bagdá, segundo publica o jornal Washington Post em sua edição desta sexta-feira.

Blix, cujo informe é crucial para o futuro do Iraque, vai se abster de declarar que houve uma negativa total de cooperação por parte de Bagdá, diz o jornal citando fontes não identificadas.

Essas fontes, altos funcionários das Nações Unidas, indicaram ao jornal que Hans Blix tem previsto apoiar a formação de uma comissão de investigação, que estudaria documentos iraquianos que asseguram que as armas químicas e biológicas foram destruídas.

Blix indicará que Bagdá fez progressos ao permitir entrevistas em particular com cientistas e técnicos iraquianos, apesar de também enfatizar que - destes encontros - somente três até o momento foram realizados sem a presença de oficiais iraquianos.

O chefe dos inspetores também destacará que o Iraque continuou resistindo aos vôos de vigilância dos U2 e que os documentos recentemente entregues por Bagdá proporcionaram pouca informação pertinente, assegura o Washington Post.

Blix informará sobre a fabricação e movimentação por parte do Iraque de mísseis com um alcance de ação que excede os limites autorizados pela ONU e sobre a posse de centenas de motores proibidos para equipá-los.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Blix não se impressionou com cooperação do Iraque, diz jornal

Da AFP

14/02/2003 | 09:56


O chefe dos inspetores de armas da ONU, Hans Blix, que nesta sexta-feira apresenta seu relatório não Conselho de Segurança, não está "impressionado" com a cooperação de Bagdá, segundo publica o jornal Washington Post em sua edição desta sexta-feira.

Blix, cujo informe é crucial para o futuro do Iraque, vai se abster de declarar que houve uma negativa total de cooperação por parte de Bagdá, diz o jornal citando fontes não identificadas.

Essas fontes, altos funcionários das Nações Unidas, indicaram ao jornal que Hans Blix tem previsto apoiar a formação de uma comissão de investigação, que estudaria documentos iraquianos que asseguram que as armas químicas e biológicas foram destruídas.

Blix indicará que Bagdá fez progressos ao permitir entrevistas em particular com cientistas e técnicos iraquianos, apesar de também enfatizar que - destes encontros - somente três até o momento foram realizados sem a presença de oficiais iraquianos.

O chefe dos inspetores também destacará que o Iraque continuou resistindo aos vôos de vigilância dos U2 e que os documentos recentemente entregues por Bagdá proporcionaram pouca informação pertinente, assegura o Washington Post.

Blix informará sobre a fabricação e movimentação por parte do Iraque de mísseis com um alcance de ação que excede os limites autorizados pela ONU e sobre a posse de centenas de motores proibidos para equipá-los.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;