Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Papa aceita renúncia de cardeal brasileiro no Vaticano


Do Diário do Grande ABC

16/09/2000 | 14:46


O cardeal brasileiro d. Lucas Moreira Neves, 75 anos, renunciou neste sábado, dia do seu aniversário, aos influentes cargos de prefeito da Congregaçao dos Bispos do Vaticano e de presidente da Comissao Pontifícia para a América Latina.

Considerado como um dos mais fortes candidatos à sucessao do papa Joao Paulo II, d. Lucas afastou-se de suas funçoes e já provocou uma sacudida na hierarquia da cúpula da Igreja católica.

Num breve comunicado, o Vaticano informa que o papa aceitou a renúncia do cardeal brasileiro, que teria feito "reiterados pedidos" para poder se afastar dos cargos "por motivos de saúde e idade".

Pela sua influência na Igreja, experiência no Vaticano e por já ter dirigido uma diocese, d. Lucas era visto como candidato em potencial para ser o primeiro papa latino-americano. Foi arcebispo de Salvador de 1987 a 1988, quando foi convocado para os cargos no Vaticano.

Até antes de sua renúncia, d. Lucas teria condiçoes de participar da assembléia de cardeais que elegem um papa e, tecnicamente, poderia ser escolhido. Agora, é muito pouco provável que isso ocorra.

Para sucedê-lo na Congregaçao dos Bispos, o Vaticano escolheu o arcebispo italiano Giovanni Battista Re, 66 anos, que era vice-secretário de Estado. Para essa vaga, foi escolhido o arcebispo argentino Leonardo Sandri, 56 anos, que já trabalhou para embaixador do Vaticano na Venezuela e no México.

Com a ascensao de Re, que é muito próximo ao papa, é provável que ele seja elevado ao posto de cardeal no próximo anúncio oficial, que deve ocorrer em 2001. Neste caso, significa que ele poderia escolher (e ser escolhido como) o próximo sumo pontífice quando Joao Paulo II morrer.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Papa aceita renúncia de cardeal brasileiro no Vaticano

Do Diário do Grande ABC

16/09/2000 | 14:46


O cardeal brasileiro d. Lucas Moreira Neves, 75 anos, renunciou neste sábado, dia do seu aniversário, aos influentes cargos de prefeito da Congregaçao dos Bispos do Vaticano e de presidente da Comissao Pontifícia para a América Latina.

Considerado como um dos mais fortes candidatos à sucessao do papa Joao Paulo II, d. Lucas afastou-se de suas funçoes e já provocou uma sacudida na hierarquia da cúpula da Igreja católica.

Num breve comunicado, o Vaticano informa que o papa aceitou a renúncia do cardeal brasileiro, que teria feito "reiterados pedidos" para poder se afastar dos cargos "por motivos de saúde e idade".

Pela sua influência na Igreja, experiência no Vaticano e por já ter dirigido uma diocese, d. Lucas era visto como candidato em potencial para ser o primeiro papa latino-americano. Foi arcebispo de Salvador de 1987 a 1988, quando foi convocado para os cargos no Vaticano.

Até antes de sua renúncia, d. Lucas teria condiçoes de participar da assembléia de cardeais que elegem um papa e, tecnicamente, poderia ser escolhido. Agora, é muito pouco provável que isso ocorra.

Para sucedê-lo na Congregaçao dos Bispos, o Vaticano escolheu o arcebispo italiano Giovanni Battista Re, 66 anos, que era vice-secretário de Estado. Para essa vaga, foi escolhido o arcebispo argentino Leonardo Sandri, 56 anos, que já trabalhou para embaixador do Vaticano na Venezuela e no México.

Com a ascensao de Re, que é muito próximo ao papa, é provável que ele seja elevado ao posto de cardeal no próximo anúncio oficial, que deve ocorrer em 2001. Neste caso, significa que ele poderia escolher (e ser escolhido como) o próximo sumo pontífice quando Joao Paulo II morrer.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;