Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 14 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Greve de caminhoneiros afeta rede hoteleira de SP no feriado



30/05/2018 | 16:04


O setor hoteleiro da capital paulista será prejudicado neste feriado de Corpus Christi. A falta de combustível em razão da greve de caminhoneiros refletiu na procura de diárias em hotéis.

Neste feriado prolongado de Corpus Christi a cidade recebe dois grandes eventos: Marcha para Jesus, na zona norte, nesta quinta-feira ,31, e a Parada do Orgulho LGBT, na avenida Paulista, no domingo 3.

Segundo Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Estado de São Paulo (Abih-SP) no ano passado, na mesma época, a rede hoteleira econômica e super econômica na região da Avenida Paulista e Centro, teve 80 a 90% de ocupação.

"Este ano podemos ter até 40% de queda na ocupação dos quartos na capital. A Abih-SP calcula um prejuízo de R$1,8 milhão somente em diárias. No turismo em geral (baladas, compras, restaurante, transporte entre outros), o prejuízo pode chegar a R$80 milhões de reais", explica Bruno Omori, presidente da Abih-SP. "Esse feriado seria a salvação financeira para o mês de maio em muitos hotéis", lamenta Omori.

De acordo com Omori, as pessoas que estão se deslocando de avião não estão com problemas, mas quem vem à cidade com transporte via terrestre está com receio pela falta de combustível e com medo de não ter como voltar.

A 26ª edição da Marcha para Jesus está confirmada para esta quinta-feira, 31, e partirá às 10h da estação Luz do metrô e seguirá pela Avenida Tiradentes até a Praça Heróis da Força Expedicionária Brasileira, na zona norte.

A 22ª edição da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo também está confirmada para o domingo,3, às 10h, na Avenida Paulista.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Greve de caminhoneiros afeta rede hoteleira de SP no feriado


30/05/2018 | 16:04


O setor hoteleiro da capital paulista será prejudicado neste feriado de Corpus Christi. A falta de combustível em razão da greve de caminhoneiros refletiu na procura de diárias em hotéis.

Neste feriado prolongado de Corpus Christi a cidade recebe dois grandes eventos: Marcha para Jesus, na zona norte, nesta quinta-feira ,31, e a Parada do Orgulho LGBT, na avenida Paulista, no domingo 3.

Segundo Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Estado de São Paulo (Abih-SP) no ano passado, na mesma época, a rede hoteleira econômica e super econômica na região da Avenida Paulista e Centro, teve 80 a 90% de ocupação.

"Este ano podemos ter até 40% de queda na ocupação dos quartos na capital. A Abih-SP calcula um prejuízo de R$1,8 milhão somente em diárias. No turismo em geral (baladas, compras, restaurante, transporte entre outros), o prejuízo pode chegar a R$80 milhões de reais", explica Bruno Omori, presidente da Abih-SP. "Esse feriado seria a salvação financeira para o mês de maio em muitos hotéis", lamenta Omori.

De acordo com Omori, as pessoas que estão se deslocando de avião não estão com problemas, mas quem vem à cidade com transporte via terrestre está com receio pela falta de combustível e com medo de não ter como voltar.

A 26ª edição da Marcha para Jesus está confirmada para esta quinta-feira, 31, e partirá às 10h da estação Luz do metrô e seguirá pela Avenida Tiradentes até a Praça Heróis da Força Expedicionária Brasileira, na zona norte.

A 22ª edição da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo também está confirmada para o domingo,3, às 10h, na Avenida Paulista.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;