Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Dançaterapia ajuda
na busca da felicidade



29/03/2011 | 00:00


Criada pela bailarina argentina Maria Fux, a dançaterapia busca utilizar os recursos artísticos, educacionais e terapêuticos da dança para ajudar as pessoas e auxiliá-las a descobrir caminhos, superar os desafios e viver mais felizes. Através da abordagem corporal e voltada ao conhecimento pessoal, a dança como forma de terapia estimula o movimento criativo e a espontaneidade do corpo incentivando a comunicação e a integração entre as pessoas, procurando oferecer-lhes confiança. Assim, baseando-se principalmente na conexão entre movimento e emoção, trabalha com o corpo e a sua própria linguagem, procurando uma integração psicofísica do indivíduo (mente-corpo). O movimento corporal pode levar a mudanças psicológicas, promovendo saúde e desenvolvimento pessoal. Destina-se a qualquer pessoa que deseje melhorar a sua qualidade de vida, e também a indivíduos com patologias específicas, tais como perturbações de ansiedade, emocionais, de relacionamento, problemas comportamentais, atrasos de desenvolvimento, baixa auto-estima, demências, entre outros. Abrange crianças, adolescentes, adultos e idosos. Qualquer pessoa pode ingressar num processo de Dança Movimento Terapia, independentemente do seu estado físico e psíquico. Nos encontros se trabalha emoções e sentimentos como medo, raiva, tristeza, culpas, angústias que vão aos poucos sendo transformados em prazer, alegria, esperança, ternura, aceitação e compreensão, sempre estimulando mudanças positivas naqueles que a praticam. E também a transformar a rigidez do corpo em elasticidade. Por Yasmin Barcellos



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Dançaterapia ajuda
na busca da felicidade


29/03/2011 | 00:00


Criada pela bailarina argentina Maria Fux, a dançaterapia busca utilizar os recursos artísticos, educacionais e terapêuticos da dança para ajudar as pessoas e auxiliá-las a descobrir caminhos, superar os desafios e viver mais felizes. Através da abordagem corporal e voltada ao conhecimento pessoal, a dança como forma de terapia estimula o movimento criativo e a espontaneidade do corpo incentivando a comunicação e a integração entre as pessoas, procurando oferecer-lhes confiança. Assim, baseando-se principalmente na conexão entre movimento e emoção, trabalha com o corpo e a sua própria linguagem, procurando uma integração psicofísica do indivíduo (mente-corpo). O movimento corporal pode levar a mudanças psicológicas, promovendo saúde e desenvolvimento pessoal. Destina-se a qualquer pessoa que deseje melhorar a sua qualidade de vida, e também a indivíduos com patologias específicas, tais como perturbações de ansiedade, emocionais, de relacionamento, problemas comportamentais, atrasos de desenvolvimento, baixa auto-estima, demências, entre outros. Abrange crianças, adolescentes, adultos e idosos. Qualquer pessoa pode ingressar num processo de Dança Movimento Terapia, independentemente do seu estado físico e psíquico. Nos encontros se trabalha emoções e sentimentos como medo, raiva, tristeza, culpas, angústias que vão aos poucos sendo transformados em prazer, alegria, esperança, ternura, aceitação e compreensão, sempre estimulando mudanças positivas naqueles que a praticam. E também a transformar a rigidez do corpo em elasticidade. Por Yasmin Barcellos

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;