Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Duelo brasileiro marca clássico entre Milan e Barcelona


Divanei Guazzelli
Do Diáario do Grande ABC
Com Agências

20/10/2004 | 09:40


Um clássico entre dois dos mais prestigiosos times de todo o mundo está entre os oito jogos que concluem nesta quarta a terceira rodada da Liga dos Campeões. Milan x Barcelona jogam às 15h45 (horário de Brasília), no estádio San Siro, em Milão, na disputa da liderança do Grupo F. As duas equipes reúnem uma constelação de brasileiros, com dez no total, embora o zagueiro Edmilson e o meia Motta, do Barcelona, se recuperem de contusões. No início dos anos 90, espanhóis e italianos abriram caminho para que o São Paulo, de Raí e Telê Santana, conquistasse os títulos mais importantes de sua história: o Mundial Interclubes, no Japão. Em 1992, os são-paulinos derrotaram o Barcelona e, em 1993, foi a vez de o Milan perder a final.

Na última década, o Barcelona, apesar de todo o poderio e do suporte financeiro dado pelos seus 100 mil associados, a ponto de rejeitar milionárias propostas de patrocínio, não sabe o que é título continental. O Milan foi campeão da temporada 2002/03, ao derrotar a Juventus, de Turim, na cobrança de pênaltis.

O duelo mais significativo do clássico será entre os meias Kaká, do Milan, e Ronaldinho Gaúcho, do Barcelona, duas unanimidades na Seleção Brasileira. Ambos estão na lista dos que disputam em dezembro a condição de melhor jogador do mundo da Fifa. Os espanhóis ainda contam com os laterais Belletti e Sylvinho e o meia Deco, brasileiro naturalizado português. O goleiro Dida e os laterais Cafu e Serginho jogam pela equipe italiana.

A outra partida do grupo será entre o Shaktar Donest e o Celtic (Escócia), na Ucrânia. Como estão sem ponto ganho, o vencedor, se houver, ainda manterá possibilidade de classificação à próxima etapa.

Ex-tricolores - Outro confronto expressivo entre brasileiros é o que está marcado pelo Grupo H, entre o Paris Saint Germain e o Porto, atual campeão europeu, em Paris. Reinaldo e Luís Fabiano, que formaram a melhor dupla ofensiva do São Paulo dos últimos cinco anos, estão em campos opostos. Reinaldo está no PSG, e Luís Fabiano se transferiu recentemente para o Porto, que também conta com o meia Diego, ex-Santos. O Porto tem apenas um ponto ganho e o PSG, nenhum.

O líder Chelsea, com seis, joga com o CSKA Moscou, de Vágner Love e que ganhou quatro pontos até agora. Antes da abertura da Liga dos Campeões, uma anunciada, mas não comprovada, ligação do bilionário russo Roman Abramovich com os dois clubes (ele é acionista majoritário do time inglês) poderia pôr em risco as suas participações.

Outras partidas: Panathinaikos (3 pontos) x Arsenal (4), em Atenas, e Rosenborg (1) x PSV (3), em Oslo (Noruega), pelo Grupo E, e Valencia (3) x Internazionale (6), em Valencia, e Anderlelecht (0) x Werder Bremen (6), em Bruxelas (Bélgica), pelo Grupo G, completam a rodada.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Duelo brasileiro marca clássico entre Milan e Barcelona

Divanei Guazzelli
Do Diáario do Grande ABC
Com Agências

20/10/2004 | 09:40


Um clássico entre dois dos mais prestigiosos times de todo o mundo está entre os oito jogos que concluem nesta quarta a terceira rodada da Liga dos Campeões. Milan x Barcelona jogam às 15h45 (horário de Brasília), no estádio San Siro, em Milão, na disputa da liderança do Grupo F. As duas equipes reúnem uma constelação de brasileiros, com dez no total, embora o zagueiro Edmilson e o meia Motta, do Barcelona, se recuperem de contusões. No início dos anos 90, espanhóis e italianos abriram caminho para que o São Paulo, de Raí e Telê Santana, conquistasse os títulos mais importantes de sua história: o Mundial Interclubes, no Japão. Em 1992, os são-paulinos derrotaram o Barcelona e, em 1993, foi a vez de o Milan perder a final.

Na última década, o Barcelona, apesar de todo o poderio e do suporte financeiro dado pelos seus 100 mil associados, a ponto de rejeitar milionárias propostas de patrocínio, não sabe o que é título continental. O Milan foi campeão da temporada 2002/03, ao derrotar a Juventus, de Turim, na cobrança de pênaltis.

O duelo mais significativo do clássico será entre os meias Kaká, do Milan, e Ronaldinho Gaúcho, do Barcelona, duas unanimidades na Seleção Brasileira. Ambos estão na lista dos que disputam em dezembro a condição de melhor jogador do mundo da Fifa. Os espanhóis ainda contam com os laterais Belletti e Sylvinho e o meia Deco, brasileiro naturalizado português. O goleiro Dida e os laterais Cafu e Serginho jogam pela equipe italiana.

A outra partida do grupo será entre o Shaktar Donest e o Celtic (Escócia), na Ucrânia. Como estão sem ponto ganho, o vencedor, se houver, ainda manterá possibilidade de classificação à próxima etapa.

Ex-tricolores - Outro confronto expressivo entre brasileiros é o que está marcado pelo Grupo H, entre o Paris Saint Germain e o Porto, atual campeão europeu, em Paris. Reinaldo e Luís Fabiano, que formaram a melhor dupla ofensiva do São Paulo dos últimos cinco anos, estão em campos opostos. Reinaldo está no PSG, e Luís Fabiano se transferiu recentemente para o Porto, que também conta com o meia Diego, ex-Santos. O Porto tem apenas um ponto ganho e o PSG, nenhum.

O líder Chelsea, com seis, joga com o CSKA Moscou, de Vágner Love e que ganhou quatro pontos até agora. Antes da abertura da Liga dos Campeões, uma anunciada, mas não comprovada, ligação do bilionário russo Roman Abramovich com os dois clubes (ele é acionista majoritário do time inglês) poderia pôr em risco as suas participações.

Outras partidas: Panathinaikos (3 pontos) x Arsenal (4), em Atenas, e Rosenborg (1) x PSV (3), em Oslo (Noruega), pelo Grupo E, e Valencia (3) x Internazionale (6), em Valencia, e Anderlelecht (0) x Werder Bremen (6), em Bruxelas (Bélgica), pelo Grupo G, completam a rodada.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;