Fechar
Publicidade

Sábado, 18 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Jovens de Diadema ganham bolsa na França


Vanessa Fajardo
Da Sucursal de Diadema

14/05/2008 | 07:04


Do Grande ABC para a França. Três moradores de Diadema arrumam as malas para uma temporada de três anos na terra da Torre Eiffel. Eles foram selecionados entre 86 candidatos para participar de um programa realizado em parceira pelas prefeituras de Diadema e Montreuil.

Cássia Oliveira Cardoso, 26 anos, Cláudio Antunes dos Santos Maneja Júnior, 26, e Fernando Tadeu Rocha, 24, devem viajar em agosto. Os estudantes não pagarão nada pela oportunidade.

Os jovens ficarão três anos no país, um para estudar Francês e os outros dois para cursar pós-graduação. A bolsa inclui, além do curso e hospedagem, verba mensal de 600 euros.

Segundo a assessora de Relações Externas da Prefeitura de Diadema, Livia de Tommasi, o processo de seleção incluiu análise do currículo, entrevista e a criação de um projeto de estudo que ligasse a França ao município. "Esta é uma grande oportunidade à cidade, pois os jovens voltam para Diadema com novas competências."

Formada em tecnologia em construção civil pela Fatec, Cássia Oliveira Cardoso desenvolveu um projeto de reúso da água do banho e da chuva para a descarga. "São iniciativas que já existem, mas quero aprimorá-las para Diadema." Cassia vai estudar ciências ambientais na Université de Cergy-Pontoise.

Um dos companheiros de viagem da estudante será Claudio Antunes dos Santos Maneja Júnior, formado em comunicação social com ênfase em rádio e TV. "Logo que apareceu o concurso, pensei em me inscrever. Botava fé, queria passar. Durante dois meses me dediquei ao projeto." Júnior vai estudar na Université de La Sorbonne-Nouvelle Paris III e, daqui a três anos, quando voltar ao Brasil, terá bagagem suficiente para colocar em prática o projeto que prevê articular trabalhos de audiovisual.

"Aqui existe muita gente querendo produzir cinema. Por que não falar da realidade por meio deste canal?" Fã do cinema francês, Júnior está ansioso com a partida. "Ao mesmo tempo penso em tudo que vou deixar aqui."

Quem completa a trupe na Europa é o geógrafo e professor Fernando Tadeu Rocha. Mas nem tudo será estranho para ele na França. Sua irmã mais nova está em Paris há três meses no programa Aur Pair. Rocha vai estudar geografia na Sorbonne. Na volta, desenvolve o projeto que prevê arborizar e criar áreas de lazer na cidade.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Jovens de Diadema ganham bolsa na França

Vanessa Fajardo
Da Sucursal de Diadema

14/05/2008 | 07:04


Do Grande ABC para a França. Três moradores de Diadema arrumam as malas para uma temporada de três anos na terra da Torre Eiffel. Eles foram selecionados entre 86 candidatos para participar de um programa realizado em parceira pelas prefeituras de Diadema e Montreuil.

Cássia Oliveira Cardoso, 26 anos, Cláudio Antunes dos Santos Maneja Júnior, 26, e Fernando Tadeu Rocha, 24, devem viajar em agosto. Os estudantes não pagarão nada pela oportunidade.

Os jovens ficarão três anos no país, um para estudar Francês e os outros dois para cursar pós-graduação. A bolsa inclui, além do curso e hospedagem, verba mensal de 600 euros.

Segundo a assessora de Relações Externas da Prefeitura de Diadema, Livia de Tommasi, o processo de seleção incluiu análise do currículo, entrevista e a criação de um projeto de estudo que ligasse a França ao município. "Esta é uma grande oportunidade à cidade, pois os jovens voltam para Diadema com novas competências."

Formada em tecnologia em construção civil pela Fatec, Cássia Oliveira Cardoso desenvolveu um projeto de reúso da água do banho e da chuva para a descarga. "São iniciativas que já existem, mas quero aprimorá-las para Diadema." Cassia vai estudar ciências ambientais na Université de Cergy-Pontoise.

Um dos companheiros de viagem da estudante será Claudio Antunes dos Santos Maneja Júnior, formado em comunicação social com ênfase em rádio e TV. "Logo que apareceu o concurso, pensei em me inscrever. Botava fé, queria passar. Durante dois meses me dediquei ao projeto." Júnior vai estudar na Université de La Sorbonne-Nouvelle Paris III e, daqui a três anos, quando voltar ao Brasil, terá bagagem suficiente para colocar em prática o projeto que prevê articular trabalhos de audiovisual.

"Aqui existe muita gente querendo produzir cinema. Por que não falar da realidade por meio deste canal?" Fã do cinema francês, Júnior está ansioso com a partida. "Ao mesmo tempo penso em tudo que vou deixar aqui."

Quem completa a trupe na Europa é o geógrafo e professor Fernando Tadeu Rocha. Mas nem tudo será estranho para ele na França. Sua irmã mais nova está em Paris há três meses no programa Aur Pair. Rocha vai estudar geografia na Sorbonne. Na volta, desenvolve o projeto que prevê arborizar e criar áreas de lazer na cidade.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;