Fechar
Publicidade

Sábado, 31 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Região tem 2.452 vagas gratuitas para capacitação

Grande ABC concentra 29,4% das oportunidades ofertadas na Região Metropolitana


Soraia Abreu Pedrozo
Do Diário do Grande ABC

22/04/2013 | 07:20


Profissionais interessados em se capacitar, seja para tentar posto no mercado de trabalho, ou para barganhar promoção no emprego, têm à disposição 2.452 vagas no Grande ABC. Os cursos, oferecidos gratuitamente pelo programa Via Rápida Emprego, iniciativa do governo do Estado de São Paulo, são presenciais e têm duração de um a três meses.  A região concentra 29,4% das oportunidades ofertadas na Região Metropolitana. Ao todo, no Estado, são 100 mil vagas, sendo 60 mil para cursos presenciais e 40 mil a distância. Em Santo André, cidade que concentra a maioria das vagas (830) da região, há aulas de logística básica, assistente administrativo, ajudante de cozinha, operador de carga com habilitação em empilhadeira, rotinas financeiras, recepção e atendimento e técnicas em vendas. Em São Bernardo, onde há 740 oportunidades, os cursos são de manicure e pedicure, maquiagem, encanador, assistente administrativo, assistente contábil, eletricista instalador residencial, pintor, pedreiro e tornearia mecânica básica. Para saber as modalidades oferecidas em cada uma das sete cidades, basta acessar o site www.viarapida.sp.gov.br, clicar em ‘cursos' e digitar o nome do município. É por meio do site que também é feita a inscrição. Quem não tem internet, pode procurar os postos do Acessa São Paulo.   A preferência é dada a quem está desempregado, porém, os cursos são abertos a todos que moram no Estado. Os documentos necessários são RG e CPF.  Os selecionados receberão material didático, subsídio de transporte de R$ 150 e auxílio alimentação de R$ 100. Desempregados, sem seguro desemprego ou benefício previdenciário também têm direito à bolsa-auxílio mensal de R$ 210 durante o período da capacitação. As primeiras turmas estão previstas para maio.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Região tem 2.452 vagas gratuitas para capacitação

Grande ABC concentra 29,4% das oportunidades ofertadas na Região Metropolitana

Soraia Abreu Pedrozo
Do Diário do Grande ABC

22/04/2013 | 07:20


Profissionais interessados em se capacitar, seja para tentar posto no mercado de trabalho, ou para barganhar promoção no emprego, têm à disposição 2.452 vagas no Grande ABC. Os cursos, oferecidos gratuitamente pelo programa Via Rápida Emprego, iniciativa do governo do Estado de São Paulo, são presenciais e têm duração de um a três meses.  A região concentra 29,4% das oportunidades ofertadas na Região Metropolitana. Ao todo, no Estado, são 100 mil vagas, sendo 60 mil para cursos presenciais e 40 mil a distância. Em Santo André, cidade que concentra a maioria das vagas (830) da região, há aulas de logística básica, assistente administrativo, ajudante de cozinha, operador de carga com habilitação em empilhadeira, rotinas financeiras, recepção e atendimento e técnicas em vendas. Em São Bernardo, onde há 740 oportunidades, os cursos são de manicure e pedicure, maquiagem, encanador, assistente administrativo, assistente contábil, eletricista instalador residencial, pintor, pedreiro e tornearia mecânica básica. Para saber as modalidades oferecidas em cada uma das sete cidades, basta acessar o site www.viarapida.sp.gov.br, clicar em ‘cursos' e digitar o nome do município. É por meio do site que também é feita a inscrição. Quem não tem internet, pode procurar os postos do Acessa São Paulo.   A preferência é dada a quem está desempregado, porém, os cursos são abertos a todos que moram no Estado. Os documentos necessários são RG e CPF.  Os selecionados receberão material didático, subsídio de transporte de R$ 150 e auxílio alimentação de R$ 100. Desempregados, sem seguro desemprego ou benefício previdenciário também têm direito à bolsa-auxílio mensal de R$ 210 durante o período da capacitação. As primeiras turmas estão previstas para maio.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;