Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 14 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Namorados correm às compras


Luciele Velluto
Do Diário do Grande ABC

10/06/2006 | 07:12


Às véspera do Dia dos Namorados, shoppings e ruas comerciais do Grande ABC devem ficar lotados na região. A expectativa é que entre os presentes mais procurados haja concentração sobre os segmentos de vestuário, perfumaria e eletroeletrônicos. Para quem deixou para última hora, ainda há tempo, porém será necessário ter paciência.

Para tentar suprir a demanda de público, o Shopping ABC, em Santo André, vai permanecer aberto durante uma hora a mais hoje (23h). A direção do centro de compras espera receber 115 mil pessoas nos dois dias que antecedem a data, cerca de 17% a mais que em um final de semana comum.

Outro que deve estender os horários é o Shopping Metrópole, de São Bernardo. Hoje, as lojas ficam abertas até às 23h e, amanhã, abrem às 12h e atendem até às 22h.

Segundo uma pesquisa realizada no início da semana pela Autofax - empresa especializada em tecnologia anti-inadimplência - o setor de vestuário e calçados corresponde por 45% das compras no período. Em seguida vem os artigos de perfumaria, com 16% dos presentes para a data.

No perfil identificado pela empresa, os homens procuram mais os supermercados, as lojas de eletroeletrônicos e concessionárias - estas por causa da proximidade do feriado de Corpus Christi. Já as mulheres fazem mais compras em lojas de roupas e calçados, perfumarias e decoração.

Comércio - Os lojistas do Grande ABC aguardam o maior movimento hoje, embora o termômetro da movimentação e do fluxo de clientes tenha subido ao longo da semana, não tanto pelo Dia dos Namorados, mas sim, pela Copa do Mundo.

A vendedora Lara Cristina Faria, da loja feminina Feitio Urbano, no ABC Plaza Shopping, acha que a Copa pode atrapalhar o Dia dos Namorados. "Acho que as pessoas estão guardando dinheiro para sair nos dias de jogo ou fazer churrasco com os amigos. No início da semana o movimento foi fraco, mas hoje deve melhorar", afirma. Para a data, Lara aposta na venda de vestidos e blusas de frio.

No setor de calçados, a caixa Lúcia Cristina de Leonardi, da loja de Pontal, também do ABC Plaza, já percebeu o aumento do movimento nesta semana. "Em valores, houve um crescimento de 30% em relação a uma semana normal. A cada dia dá para perceber que está ficando mais agitado. Este final de semana promete", conta.

Segundo Lúcia, a aposta para o Dia dos Namorados são as botas, que custam de R$ 99 a R$ 200. "A coleção está muito grande e são as que mais saem, pois os homens as procuram para presentear suas namoradas. Mas muita gente ainda deixou para a última hora", diz.

Efeito Copa - Enquanto uns reclamam que a Copa do Mundo pode atrapalhar as vendas do Dia dos Namorados, outros estão adorando a coincidência dos eventos. "Este ano está atípico por causa do futebol. Produtos típicos como camisetas, jaquetas, bonés, com as cores da seleção, devem sair mais e surpreendem na venda, mesmo sendo minoria dos artigos na loja", explica Wagner de Castro, gerente da loja de roupas Fredy, também no ABC Plaza.

Castro está com boas expectativas para o período, pois espera um incremento de 15% para a data em relação a mesma época de 2005. Para dar conta do recado, a equipe de vendedores estará completa hoje, amanhã e na segunda. Porém, o gerente explica que as mulheres estão mais adiantadas. "Os homens deixam mais para a última hora", diz.

A loja de artigos esportivos Mr. Shoes, com unidades no Shopping ABC, Metrópole e São Caetano, está com o movimento em alta desde terça-feira. "Agora é mania de Brasil. Tudo que for relacionado com a Copa está vendendo bem. Esperamos um crescimento de 15%", explica Ivan Miranda, gerente da rede.

Quem está comprando mais artigos esportivos são as mulheres, que vão presentar seus namorados, diz Miranda. "Mas o que mais surpreende é que se vende muito a camisa da Argentina para os homens corinthianos, por causa do Tevez. De todas as outras seleções sobram, menos essa", revela.

Internet - Para o Dia dos Namorados, a E-bit, empresa de pesquisa e marketing de consumo on-line, prevê vendas 50% maiores do que no mesmo período de 2005.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Namorados correm às compras

Luciele Velluto
Do Diário do Grande ABC

10/06/2006 | 07:12


Às véspera do Dia dos Namorados, shoppings e ruas comerciais do Grande ABC devem ficar lotados na região. A expectativa é que entre os presentes mais procurados haja concentração sobre os segmentos de vestuário, perfumaria e eletroeletrônicos. Para quem deixou para última hora, ainda há tempo, porém será necessário ter paciência.

Para tentar suprir a demanda de público, o Shopping ABC, em Santo André, vai permanecer aberto durante uma hora a mais hoje (23h). A direção do centro de compras espera receber 115 mil pessoas nos dois dias que antecedem a data, cerca de 17% a mais que em um final de semana comum.

Outro que deve estender os horários é o Shopping Metrópole, de São Bernardo. Hoje, as lojas ficam abertas até às 23h e, amanhã, abrem às 12h e atendem até às 22h.

Segundo uma pesquisa realizada no início da semana pela Autofax - empresa especializada em tecnologia anti-inadimplência - o setor de vestuário e calçados corresponde por 45% das compras no período. Em seguida vem os artigos de perfumaria, com 16% dos presentes para a data.

No perfil identificado pela empresa, os homens procuram mais os supermercados, as lojas de eletroeletrônicos e concessionárias - estas por causa da proximidade do feriado de Corpus Christi. Já as mulheres fazem mais compras em lojas de roupas e calçados, perfumarias e decoração.

Comércio - Os lojistas do Grande ABC aguardam o maior movimento hoje, embora o termômetro da movimentação e do fluxo de clientes tenha subido ao longo da semana, não tanto pelo Dia dos Namorados, mas sim, pela Copa do Mundo.

A vendedora Lara Cristina Faria, da loja feminina Feitio Urbano, no ABC Plaza Shopping, acha que a Copa pode atrapalhar o Dia dos Namorados. "Acho que as pessoas estão guardando dinheiro para sair nos dias de jogo ou fazer churrasco com os amigos. No início da semana o movimento foi fraco, mas hoje deve melhorar", afirma. Para a data, Lara aposta na venda de vestidos e blusas de frio.

No setor de calçados, a caixa Lúcia Cristina de Leonardi, da loja de Pontal, também do ABC Plaza, já percebeu o aumento do movimento nesta semana. "Em valores, houve um crescimento de 30% em relação a uma semana normal. A cada dia dá para perceber que está ficando mais agitado. Este final de semana promete", conta.

Segundo Lúcia, a aposta para o Dia dos Namorados são as botas, que custam de R$ 99 a R$ 200. "A coleção está muito grande e são as que mais saem, pois os homens as procuram para presentear suas namoradas. Mas muita gente ainda deixou para a última hora", diz.

Efeito Copa - Enquanto uns reclamam que a Copa do Mundo pode atrapalhar as vendas do Dia dos Namorados, outros estão adorando a coincidência dos eventos. "Este ano está atípico por causa do futebol. Produtos típicos como camisetas, jaquetas, bonés, com as cores da seleção, devem sair mais e surpreendem na venda, mesmo sendo minoria dos artigos na loja", explica Wagner de Castro, gerente da loja de roupas Fredy, também no ABC Plaza.

Castro está com boas expectativas para o período, pois espera um incremento de 15% para a data em relação a mesma época de 2005. Para dar conta do recado, a equipe de vendedores estará completa hoje, amanhã e na segunda. Porém, o gerente explica que as mulheres estão mais adiantadas. "Os homens deixam mais para a última hora", diz.

A loja de artigos esportivos Mr. Shoes, com unidades no Shopping ABC, Metrópole e São Caetano, está com o movimento em alta desde terça-feira. "Agora é mania de Brasil. Tudo que for relacionado com a Copa está vendendo bem. Esperamos um crescimento de 15%", explica Ivan Miranda, gerente da rede.

Quem está comprando mais artigos esportivos são as mulheres, que vão presentar seus namorados, diz Miranda. "Mas o que mais surpreende é que se vende muito a camisa da Argentina para os homens corinthianos, por causa do Tevez. De todas as outras seleções sobram, menos essa", revela.

Internet - Para o Dia dos Namorados, a E-bit, empresa de pesquisa e marketing de consumo on-line, prevê vendas 50% maiores do que no mesmo período de 2005.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;