Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 27 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Prefeito de Genebra chama Paulo Maluf de ladrão


Do Diário OnLine

31/01/2002 | 11:20


O prefeito de Genebra (Suiça), Manuel Tornare, anunciava o apoio à Argentina quando chamou o ex-presidente argentino, Carlos Menem; o ex-prefeito de São Paulo, Paulo Maluf; e o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi de ‘ladrões’.

"Os ladrões devem devolver a seus países o dinheiro enviado ilegalmente a paraísos fiscais, como ocorreu com Menem, Maluf e Berlusconi", afirmou Tornare.

Pronunciada em francês, a acusação foi interpretada pelo assessor internacional do Partido dos Trabalhadores (PT), o argentino naturalizado francês Luis Favre.

Paulo Maluf está sendo acusado de beneficiar-se de pelo menos US$ 200 milhões enviados ao paraíso fiscal da ilha de Jersey, localizado no canal da Mancha. Ele considerou "idiota" a declaração do prefeito de Genebra, acusando Tornare de ‘vagabundo’ que está fazendo ‘turismo político no Brasil’.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Prefeito de Genebra chama Paulo Maluf de ladrão

Do Diário OnLine

31/01/2002 | 11:20


O prefeito de Genebra (Suiça), Manuel Tornare, anunciava o apoio à Argentina quando chamou o ex-presidente argentino, Carlos Menem; o ex-prefeito de São Paulo, Paulo Maluf; e o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi de ‘ladrões’.

"Os ladrões devem devolver a seus países o dinheiro enviado ilegalmente a paraísos fiscais, como ocorreu com Menem, Maluf e Berlusconi", afirmou Tornare.

Pronunciada em francês, a acusação foi interpretada pelo assessor internacional do Partido dos Trabalhadores (PT), o argentino naturalizado francês Luis Favre.

Paulo Maluf está sendo acusado de beneficiar-se de pelo menos US$ 200 milhões enviados ao paraíso fiscal da ilha de Jersey, localizado no canal da Mancha. Ele considerou "idiota" a declaração do prefeito de Genebra, acusando Tornare de ‘vagabundo’ que está fazendo ‘turismo político no Brasil’.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;