Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 30 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Grana tenta retirar candidatura de Silvana

Montagem/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Prefeito andreense buscará a nova direção da executiva estadual para evitar entrevero na disputa


Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

26/11/2013 | 07:00


Diante da possibilidade de racha interno no PT de Santo André, o prefeito petista Carlos Grana vai interferir no processo de campanha eleitoral para tentar retirar a pré-candidatura de Silvana Silva à Câmara Federal em 2014. Isso porque a eventual consolidação do cenário – com o pleito da militante – quebraria o acordo político firmado ao páreo de 2012 com o deputado Vanderlei Siraque, que buscará a reeleição no ano que vem. À época, o parlamentar evitou a disputa de prévias, abrindo mão de encabeçar a chapa ao Paço em favor de Grana.

Em troca da decisão, Siraque seria candidato único ao Congresso, com apoio do governo. Grana afirmou que buscará diálogo, em dezembro, com a nova executiva estadual – responsável pelo aval às candidaturas e que será presidida por Emídio de Souza – para tratar do assunto. “Quero fazer a conversa com a direção (paulista) que está prestes a assumir para que tenhamos apenas a candidatura do Siraque. Vou só esperar esse período (de transição, hoje ainda nas mãos de Edinho Silva) e depois disso iniciar as primeiras tratativas.”

Ao ter ciência da pré-candidatura de Silvana pelo Diário, Siraque demonstrou indignação frente ao episódio, escancarando que aguarda providências no âmbito municipal. Segundo o deputado, o PT precisa resolver essa situação e vai acreditar na “boa-fé das pessoas de que palavra dada é palavra cumprida”. Na eleição de 2010, o deputado obteve 93,3 mil votos, ficando como primeiro suplente da coligação. Assumiu a cadeira em Brasília só no fim de 2011. A previsão da linha de corte no PT em 2014 é de 100 mil sufrágios.

Grana revelou que Silvana o procurou para antecipar a sua postura. O prefeito disse ter aconselhado a correligionária, na ocasião há um mês, para demovê-la da ideia. “Fiz sugestões, colocando que era inadequada (a candidatura), que não seria bom (devido ao acordo), pois mantenho o compromisso. Meu candidato é o Siraque. Vou caminhar lado a lado com ele”, alegou o petista, acrescentando que continuará a “fazer gestão” para convencer Silvana a desistir da proposta. “É possível, pelo bom-senso.”

O prefeito antecipou que a adesão do governo ficará sobre a dobrada Siraque/Luiz Turco, presidente reeleito do PT andreense e pré-candidato a estadual. O problema é que o deputado sofre resistência de alas do petismo.

Silvana é comissionada da Prefeitura. Ela não foi localizada para falar sobre o caso.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;