Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 2 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Rubão faz BO contra secretária de Saúde


Felipe Siqueira
Especial para o Diário

10/05/2017 | 07:00


Presidente da Câmara de Ribeirão Pires, Rubão Fernandes (PSD), registrou BO (Boletim de Ocorrência) contra a atual secretária de Saúde, Patrícia de Freitas. Rubão afirma que foi caluniado por Patrícia, que teria dito, ao telefone, que ele recebia propina de um laboratório médico.

O chefe do Legislativo relatou que a situação se iniciou há uma semana, quando ele foi conversar com a secretária sobre pautas da área da Saúde. Na ocasião, Patrícia não concordou com os questionamentos feitos. De acordo com Rubão, ela perguntou por que o presidente estava fazendo aquelas perguntas, já que ele é vereador de base governista.

Depois disso, em outra conversa, mais uma indisposição ocorreu entre os dois. A secretária, segundo Rubão, falou alto com ele, em tom alterado.

Na última sessão, quinta-feira, tanto Rubão quanto o vereador Amaury Dias (PV) utilizaram a tribuna para se referir a Patrícia. Rubão explicou, no microfone do plenário, que a secretária o havia dito que, depois de o verde ter relatado problemas de saúde de sua filha, Rubão tinha inflamado a ir contar o caso na sessão – a filha de Amaury não teve atendimento no Hospital São Lucas, depois de convulsionar e acabou sendo atendida na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da cidade. Ambos negaram que isso tenha ocorrido de forma combinada e fizeram duras críticas à postura. “Tenho vergonha de ter de tratar disto em tribuna”, disse Amaury.

Justamente após esta sessão é que o presidente afirma ter recebido telefonema de Patrícia, que o acusou de receber propina. No BO, consta que Patrícia disse ao chefe do Legislativo: “Você me fritou (sic) na Câmara Municipal na sessão de hoje (quinta-feira passada) questionando as coisas da Saúde. Eu tô (sic) sabendo que você está pegando dinheiro do Marcelo do laboratório (sic)”. O presidente nega as acusações da secretária e diz que não conhece o laboratório nem o dono da empresa.

Prefeitura se limitou a dizer que Patrícia ainda não foi notificada do BO.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rubão faz BO contra secretária de Saúde

Felipe Siqueira
Especial para o Diário

10/05/2017 | 07:00


Presidente da Câmara de Ribeirão Pires, Rubão Fernandes (PSD), registrou BO (Boletim de Ocorrência) contra a atual secretária de Saúde, Patrícia de Freitas. Rubão afirma que foi caluniado por Patrícia, que teria dito, ao telefone, que ele recebia propina de um laboratório médico.

O chefe do Legislativo relatou que a situação se iniciou há uma semana, quando ele foi conversar com a secretária sobre pautas da área da Saúde. Na ocasião, Patrícia não concordou com os questionamentos feitos. De acordo com Rubão, ela perguntou por que o presidente estava fazendo aquelas perguntas, já que ele é vereador de base governista.

Depois disso, em outra conversa, mais uma indisposição ocorreu entre os dois. A secretária, segundo Rubão, falou alto com ele, em tom alterado.

Na última sessão, quinta-feira, tanto Rubão quanto o vereador Amaury Dias (PV) utilizaram a tribuna para se referir a Patrícia. Rubão explicou, no microfone do plenário, que a secretária o havia dito que, depois de o verde ter relatado problemas de saúde de sua filha, Rubão tinha inflamado a ir contar o caso na sessão – a filha de Amaury não teve atendimento no Hospital São Lucas, depois de convulsionar e acabou sendo atendida na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da cidade. Ambos negaram que isso tenha ocorrido de forma combinada e fizeram duras críticas à postura. “Tenho vergonha de ter de tratar disto em tribuna”, disse Amaury.

Justamente após esta sessão é que o presidente afirma ter recebido telefonema de Patrícia, que o acusou de receber propina. No BO, consta que Patrícia disse ao chefe do Legislativo: “Você me fritou (sic) na Câmara Municipal na sessão de hoje (quinta-feira passada) questionando as coisas da Saúde. Eu tô (sic) sabendo que você está pegando dinheiro do Marcelo do laboratório (sic)”. O presidente nega as acusações da secretária e diz que não conhece o laboratório nem o dono da empresa.

Prefeitura se limitou a dizer que Patrícia ainda não foi notificada do BO.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;