Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Bromélias e palmeiras são furtadas de canteiro de Mauá


Luciana Yamashita
Do Diário do Grande ABC

12/12/2007 | 07:13


Dez bromélias imperiais plantadas na Avenida João Ramalho, na entrada de Mauá, foram furtadas. Outros exemplares da planta estão tortos. A impressão que se dá é que as plantas foram chutadas ou que tentaram arrancar a muda e não conseguiram. Além das bromélias, quatro palmeiras-cica foram levadas do canteiro central na divisa com Santo André.

“Só faltava ter de colocar um guarda municipal para cuidar do local. Não dá!”, afirma o secretário de Serviços Urbanos, Paulo Roberto de Sousa.

Da quantidade de bromélias furtadas, seis foram repostas no mesmo lugar. Outras quatro serão plantadas nos próximos dias, sengundo a Prefeitura de Mauá. O custo de cada planta é de cerca de R$ 25.

CANTEIRO

O jardim está sendo revitalizado há um mês pela paisagista Fátima Genaro.

“Natureza é tudo que a gente precisa, é preservar o verde com amor”, afirma a autora do projeto.

Além das plantas, fazem parte do projeto canteiros nos formatos de lua e gota, que simbolizam o yin yang, conceito da filosofia oriental que representa o equilíbrio de forças opostas.

O jardim está quase finalizado. Falta recolocar a grama, pintar as laterais do jardim e replantar as mudar que foram levadas.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bromélias e palmeiras são furtadas de canteiro de Mauá

Luciana Yamashita
Do Diário do Grande ABC

12/12/2007 | 07:13


Dez bromélias imperiais plantadas na Avenida João Ramalho, na entrada de Mauá, foram furtadas. Outros exemplares da planta estão tortos. A impressão que se dá é que as plantas foram chutadas ou que tentaram arrancar a muda e não conseguiram. Além das bromélias, quatro palmeiras-cica foram levadas do canteiro central na divisa com Santo André.

“Só faltava ter de colocar um guarda municipal para cuidar do local. Não dá!”, afirma o secretário de Serviços Urbanos, Paulo Roberto de Sousa.

Da quantidade de bromélias furtadas, seis foram repostas no mesmo lugar. Outras quatro serão plantadas nos próximos dias, sengundo a Prefeitura de Mauá. O custo de cada planta é de cerca de R$ 25.

CANTEIRO

O jardim está sendo revitalizado há um mês pela paisagista Fátima Genaro.

“Natureza é tudo que a gente precisa, é preservar o verde com amor”, afirma a autora do projeto.

Além das plantas, fazem parte do projeto canteiros nos formatos de lua e gota, que simbolizam o yin yang, conceito da filosofia oriental que representa o equilíbrio de forças opostas.

O jardim está quase finalizado. Falta recolocar a grama, pintar as laterais do jardim e replantar as mudar que foram levadas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;