Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Timão ignora problemas e vai à luta


Raphael Ramos
Do Diário do Grande ABC

12/08/2006 | 08:28


Depois de mais uma semana tumultuada no Parque São Jorge, o Corinthians tenta continuar sua reabilitação no Campeonato Brasileiro hoje a partir das 18h10 contra o Figueirense, no estádio do Pacaembu. Sem Mascherano, Marcelinho Carioca (afastados do grupo) e André Leone (suspenso), o técnico Geninho acumula problemas no comando da equipe. Ontem, por exemplo, Tevez reclamou de dores no tornozelo após treinar cobranças de faltas. O argentino, no entanto, deve estar à disposição do treinador para o jogo de hoje à noite.

Em meio ao tumultuado ambiente, Timão volta a confiar na força de sua torcida, que deve comparecer novamente em bom número, assim como na vitória sobre o Atlético-PR, na semana passada. Uma nova vitória tira o time provisoriamente da lanterna do Nacional, pois o Fortaleza (penúltimo colocado) jogará apenas amanhã.

“O Figueirense é uma equipe perigosa e muito bem arrumada. O time roda muito bem a bola e sai muito rápido para o contra-ataque”, disse o técnico Geninho, para emendar em seguida que o Corinthians tem de se impor em campo. “Temos que ter respeito pela equipe deles, mas precisamos jogar para ganhar”.

No Figueirense, os destaques na partida são as voltas de Fininho e Schwenck – ambos cumpriram suspensão no empate por 1 a 1 com o São Caetano. O lateral enfrentará pela primeira vez o Timão desde sua saída do clube, enquanto o atacante é o artilheiro da equipe, com seis gols.

Além de segurar o artilheiro catarinense no Pacaembu, o Timão também briga para manter Tevez no elenco. De acordo com a imprensa inglesa, o atacante despertou o interesse do Manchester United, que está disposto a oferecer até US$ 28 milhões para a MSI, parceira do Corinthians. O técnico inglês Alex Ferguson havia conversado com os dirigentes do clube para pedir a contratação de um atacante para o lugar do holandês Ruud Van Nistelrooy, que foi para o Real Madrid. Inicialmente, o alvo foi o espanhol Fernando Torres, do Atlético de Madri, mas ele foi praticamente descartado por causa do alto valor pedido pelo clube espanhol – cerca de US$ 40 milhões. (com Agências)


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;