Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Canções e histórias de Chico

Divulgação  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Do Diário do Grande ABC

29/04/2010 | 07:00


Depois de mais de 20 ensaios abertos aos paulistanos, Wagner Homem, curador do site oficial de Chico Buarque, traz amanhã o pocket show "Histórias de Canções" em São Paulo.

Nas apresentações, Homem relata ótimos causos acerca das criações do compositor carioca, entremeados por músicas interpretadas pelo violonista Rogério Silva, conhecido pelos chicólatras paulistanos por performances no bar-tributo "Roda Viva". O show ocorre onde tudo começou: no Clube Helvetia.

Na ocasião, no ano passado, o curador fazia o lançamento o livro homônimo ao show. Uma chuva daquelas impediu que o responsável pela entrega dos volumes chegasse em tempo. Para distrair os presentes, Homem pegou o microfone e relatou algumas das situações relatadas no livro. Silva também estava ali com seu violão. Nascia o show.

Até a estreia, em Belém do Pará, em fevereiro, a dupla foi enxugando excessos. "Tivemos de cortar muita coisa. E era como se fosse na carne. Mas não tinha jeito. O show estava com duas horas. Hoje tem uma hora e meia e sobra tempo pra bater um papo com as pessoas", afirma o autor. Simpático e bem-humorado, Homem prende a atenção até de quem não se interessa por Chico e sua obra.

Registros fonográficos contribuem para situar o público no contexto histórico em que Buarque surgiu. "Alguns são raros e divertidíssimos como a entrevista de Julinho da Adelaide (pseudônimo criado por Chico pra driblar a Censura na década de 1970)", destaca Cachorrão, como Homem é conhecido pelos amigos. Cheio de deboche, o compositor inventa histórias absurdas para seu ‘personagem', nome com que assinou pérolas como Jorge Maravilha.

Embora o show de amanhã seja realizado em lugar para 50 pessoas, Homem e Silva não têm se restringido a espaços intimistas. "Estreamos em Belém do Pará num teatro de 450 lugares. Foram duas noites lotadas. Temíamos que o show talvez não funcionasse em espaço tão grande. Felizmente estávamos enganados. A receptividade foi a mesma de lugares menores. As pessoas cantavam com Rogerio e riam muito das histórias", conta. No dia 15, se apresentam em sala para 700 pessoas em Indaiatuba e, no dia 20, para 300.

Histórias de Canções - Show. Amanhã, às 21h. No Clube Helvetia - Av. Indianópolis, 3.145. Tel.: 2275-6738. Ingr.: R$ 50 (R$ 35 para pessoas que levarem 1 kg de alimento). É necessário fazer reserva.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;