Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 26 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Terceirizados do Poupatempo de S.Bernardo pleiteiam pagamento

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Atendimentos para RG e Detran foram parcialmente paralisados ontem


Yara Ferraz
do Diário do Grande ABC

29/02/2020 | 00:03


Funcionários terceirizados do Poupatempo de São Bernardo paralisaram parcialmente o atendimento à emissão do RG e do posto do Detran na manhã de ontem. São aproximadamente 200 colaboradores contratados pela prestadora de serviços Alternativa, que está com irregularidades no pagamento de benefícios, como os vales alimentação e refeição.

O atendimento ficou paralisado por cerca de 40 minutos, porém, no início da tarde já estava normalizado em ambos os setores. Por volta das 13h, os usuários eram atendidos sem fila.

De acordo com os trabalhadores, que optaram por não se identificar, a empresa atrasou o pagamento dos vales alimentação e refeição. O primeiro, no valor de R$ 100, era para ter sido creditado no dia 20, mas há meses isso só acontece no dia 5 do outro mês.

Em relação ao refeição, no valor de R$ 300, a situação é ainda mais complicada. Isso porque a empresa optou pelo parcelamento do benefício em duas vezes, sendo que a primeira foi paga no dia 6 e, a outra metade, no dia 21. Porém, a empresa descumpriu o acordo e afirmou que teria de parcelar a segunda metade – ou seja, dois pagamentos de R$ 75 – e que uma parte seria paga ontem. Isso não aconteceu e acabou culminando com a paralisação dos colaboradores, que ainda pela manhã receberam parte do pagamento programado.

Além disso, funcionários revelaram que a Alternativa não faz os depósitos referentes ao FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) desde novembro do ano passado.

Questionada sobre o assunto, a Prodesp (Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo), que é responsável pelo gerenciamento do Poupatempo, confirmou que o atendimento foi parcialmente interrompido, mas que acionou a empresa e “os serviços foram normalizados”. “Os cidadãos que não conseguiram ser atendido foram orientados a reagendar o serviço”, discorreu, em nota.

A companhia também salientou que “tomará todas as medidas administrativas previstas em contrato para assegurar a manutenção do atendimento aos cidadãos”.

O Diário não conseguiu contado com o Sindeepres (Sindicato dos Empregados em Empresas de Prestação de Serviços a Terceiros, Colocação e Administração de Mão de Obra, Trabalho Temporário, Leitura de Medidores e Entrega de Avisos), que representa a categoria, por telefone.

Questionada, a Alternativa disse que não iria se manifestar sobre o assunto.  



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;