Fechar
Publicidade

Sábado, 29 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Boliviano Pablo Escobar brilha entre os atacantes

Meia do Santo André supera Kléber Pereira e garante sétima melhor média de gols no Campeonato Paulista


Dérek Bittencourt
Enviado a Jacutinga

08/05/2009 | 07:00


A função do meia, fundamentalmente, é deixar os companheiros em plenas condições de balançar as redes. No Santo André, porém, um armador quebra essa definição e tem números que deixam muitos artilheiros com inveja. Durante o Campeonato Paulista, o boliviano Pablo Escobar marcou sete vezes em 11 jogos e, com média de 0,58 gols por jogo, terminou o torneio com o sétimo melhor índice.

Apenas atacantes ficaram à frente de Escobar: Keirrison (0,81), Ronaldo (0,80), Pedrão (0,72), Washington (0,70), Abuda (0,63) e Zé Carlos (0,58). Por outro lado, o boliviano superou o santista Kléber Pereira, artilheiro do último Brasileiro, com 21 gols, que obteve média 0,57.

"Minha característica é chegar sempre à área adversária para finalizar", comentou o meia, que não se importa muito em fazer gols. "Mas cada campeonato é um campeonato e o importante é que o Santo André se dê bem."

Quem elogiou Escobar foi Sérgio Guedes. "Ele chega bem de trás, tem tempo de bola muito bom e não é precipitado para fazer o arremate", afirmou o técnico, que destacou outros jogadores do elenco com as mesmas características. "Temos o Ricardo Goulart, o Rodrigo Fabri e o próprio Marcelo (Carioca), que já chegam chutando."

TIME - O elenco retornou ontem da intertemporada de oito dias na cidade de Jacutinga, ao Sul de Minas Gerais e ganhou o restante do dia de folga. Hoje, os jogadores voltam a campo à tarde, quando Sérgio Guedes deve definir o time que entra em campo domingo, contra o Botafogo-RJ.

O lateral-esquerdo Gustavo Nery e o atacante Nunes, poupados do treino de quarta-feira por causa de dores musculares, estarão à disposição. Nas demais posições, a equipe será composta pela base que disputou o Paulistão.

Dininho fica fora da estreia para aprimorar parte física

Dininho é a única baixa do Ramalhão para a estreia no Campeonato Brasileiro, domingo, contra o Botafogo-RJ, no Estádio Bruno Daniel. Apesar de estar recuperado da cirurgia na fíbula da perna direita, que o afastou do Campeonato Paulista, o zagueiro necessita ainda de alguns dias para readquirir a forma física.

"Estou legal, me sentindo bem. Se fosse só pela lesão, dava para jogar, mas como tem a parte física, não tenho 100% de condições. Estou um pouco acima do peso. Então, vou precisar de mais uma semana para me recuperar", comentou o zagueiro.

A ansiedade de Dininho em realizar a primeira partida com a camisa do Ramalhão tem pesado na recuperação.

"Nunca na minha carreira fiquei tanto tempo parado. Então, estou com muita vontade de voltar a concentrar e jogar. Estou supermotivado e quero continuar treinando bem para corresponder quando vier a oportunidade."



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;