Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 14 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Farmácia Popular passa a distribuir remédio para asma

Programa Saúde Não Tem Preço já disponibiliza 11 medicamentos para hipertensão e diabetes


Maíra Sanches
Do Diário do Grande ABC

05/06/2012 | 06:00


As Farmácias Populares de todo o País oferecem desde ontem três remédios gratuitos utilizados no tratamento da asma: brometo de ipratrópio, dirpoprionato de beclometasona e sulfato de salbutamol.

A decisão foi publicada ontem no Diário Oficial da União. O programa Saúde Não Tem Preço, do governo federal, já disponibiliza 11 medicamentos para hipertensão e diabetes. Agora, os remédios gratuitos somam 14. O Grande ABC conta hoje com 12 Farmácias Populares em seis cidades: quatro em São Bernardo, duas em Santo André, Diadema e Mauá, uma em Ribeirão Pires e outra em São Caetano.

As unidades privadas conveniadas também aderiram à novidade. A gratuidade deve beneficiar 160 mil pacientes por ano em todo Estado. No Brasil, o número estimado é de 800 mil.

A inclusão dos medicamentos no programa aconteceu porque, após promover a gratuidade da hipertensão e diabetes, o Ministério da Saúde percebeu que a venda dos medicamentos para asma foi a que mais apresentou crescimento nas unidades, chegando a 322% de aumento entre fevereiro de 2011 e abril de 2012. Antes da gratuidade, os remédios eram comercializados com 90% de desconto.

Para retirar os itens é preciso apresentar documento com foto, CPF e a receita médica dentro do prazo de validade. A Farmácia Popular facilita acesso a 112 medicamentos que tratam de doenças comuns, como hipertensão, diabetes, úlcera gástrica e infecções. Por mês, 14,5 mil pessoas são beneficiadas pelo serviço na região.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Farmácia Popular passa a distribuir remédio para asma

Programa Saúde Não Tem Preço já disponibiliza 11 medicamentos para hipertensão e diabetes

Maíra Sanches
Do Diário do Grande ABC

05/06/2012 | 06:00


As Farmácias Populares de todo o País oferecem desde ontem três remédios gratuitos utilizados no tratamento da asma: brometo de ipratrópio, dirpoprionato de beclometasona e sulfato de salbutamol.

A decisão foi publicada ontem no Diário Oficial da União. O programa Saúde Não Tem Preço, do governo federal, já disponibiliza 11 medicamentos para hipertensão e diabetes. Agora, os remédios gratuitos somam 14. O Grande ABC conta hoje com 12 Farmácias Populares em seis cidades: quatro em São Bernardo, duas em Santo André, Diadema e Mauá, uma em Ribeirão Pires e outra em São Caetano.

As unidades privadas conveniadas também aderiram à novidade. A gratuidade deve beneficiar 160 mil pacientes por ano em todo Estado. No Brasil, o número estimado é de 800 mil.

A inclusão dos medicamentos no programa aconteceu porque, após promover a gratuidade da hipertensão e diabetes, o Ministério da Saúde percebeu que a venda dos medicamentos para asma foi a que mais apresentou crescimento nas unidades, chegando a 322% de aumento entre fevereiro de 2011 e abril de 2012. Antes da gratuidade, os remédios eram comercializados com 90% de desconto.

Para retirar os itens é preciso apresentar documento com foto, CPF e a receita médica dentro do prazo de validade. A Farmácia Popular facilita acesso a 112 medicamentos que tratam de doenças comuns, como hipertensão, diabetes, úlcera gástrica e infecções. Por mês, 14,5 mil pessoas são beneficiadas pelo serviço na região.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;