Fechar
Publicidade

Sábado, 28 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Homem que inspirou 'Médico e o Monstro' era bruxo escocês


Das Agências

14/06/2007 | 15:09


Um bruxo escocês que levava uma vida dupla na Escócia do século XVII serviu de inspiração para o popular romance "O Médico e o Monstro", do autor britânico Robert Louis Stevenson (1850-1894).

Segundo o documentário da BBC "Ian Rankin Investigates: Dr Jekyll and Mr Hyde" ("Ian Rankin Investiga: Dr Jekyll and Mr Hyde"), Stevenson baseou os personagens do seu livro no clérigo de Edimburgo, Thomas Weir, que levava uma vida dupla como bruxo.

De acordo com o jornalista Ian Rankin, o escritor escocês ficou "horrorizado" com essa história, que foi contada por sua babá quando ainda era criança.

Weir teria admitido aos seus seguidores que praticava incesto e bestialismo. O bruxo e a sua irmã Jean foram, respectivamente, condenados à morte por bruxaria, falecendo em 1670. A lenda local conta que o fantasma dos dois irmãos continua a aparecer na área de West Bow, em Edimburgo, onde viviam juntos.

Segundo a agência Ansa, o documentário, que será transmitido no sábado, mostra que o escritor costumava ter pesadelos quando criança assim que a sua babá, apelidada de Cumnmy, narrava as histórias do bruxo Weir. "Stevenson sempre teve pesadelos, que começaram quando era um garoto e vivia na rua Heriot Row, em Edimburgo", destacou Rankin.

"O que mais aterrorizava o autor era que essas histórias aconteceram de verdade, fora da sua casa, nas ruas de Edimburgo", continuou o jornalista, que ainda afirmou que Weir e sua irmã "eram conhecidos por sua piedade e bondade, e por seus excelentes sermões".

Mas com o tempo, tornaram-se líderes não oficiais de um grupo chamado "Os Santos". "Quando Thomas e sua irmã Jean confessaram uma série de crimes sexuais, escandalizaram a congregação presente, que os levaram às autoridades", revela Rifkin. Enquanto morria na fogueira, Weir declarou: "Vivi como uma besta e devo morrer como uma besta".

Robert Louis Balfour Stevenson, nascido em 13 de novembro de 1850 em Edimburgo, e morto em 3 de dezembro de 1894 nas ilhas Samoa, foi um dos escritores escoceses mais populares da história. Ele foi o autor de algumas das histórias de fantasia e de aventura mais importantes do gênero, como "A Ilha do Tesouro" e "O Médico e o Monstro".

Também escreveu "An Inland Voyage" ("Uma Viagem ao Continente"), "The Silverado Squatters" ("Os Posseiros de Silverado"), "Kidnapped" ("Raptado") e "As Aventuras de David Balfour".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;