Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 24 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Hospital inaugura ala para dependentes de álcool e drogas


Heloísa Cestari
Do Diário do Grande ABC

06/11/2007 | 07:15


O Hospital Estadual Mário Covas vai inaugurar hoje uma ala psiquiátrica voltada principalmente a pacientes com dependência de álcool ou drogas. A unidade contará com 21 leitos para serviços de internação e enfermaria, mediante encaminhamento médico.

Além de viciados químicos, o centro psiquiátrico atenderá a pessoas com quadros psicóticos (como esquizofrenia, depressão e transtorno bipolar) e outros tipos de dependência, como viciados em jogo, internet, sexo ou trabalho.

De acordo com o superintendente do hospital, Geraldo Reple Sobrinho, é a primeira vez que o Hospital Estadual Mário Covas oferece um espaço para internação psiquiátrica. “É uma conquista para a região, pois vamos funcionar com uma nova proposta terapêutica que prevê devolver o paciente o mais rápido possível à comunidade.”

Depois que passar pelo processo de desintoxicação, o paciente será encaminhado ao Naps (Núcleo de Atenção Psicossocial) ou ao Caps (Centro de Atenção Psicossocial) mais próximo de sua casa para fazer o acompanhamento.

A expectativa é de atender a um mínimo de 50 ou 60 pessoas por mês. “Casos psiquiátricos são mais demorados. Para desintoxicar, leva-se um mínimo de dez dias, e para psicóticos não há como prever”, completa Sobrinho, lembrando que a nova ala contará com psicólogos, psiquiatras, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e assistente social.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Hospital inaugura ala para dependentes de álcool e drogas

Heloísa Cestari
Do Diário do Grande ABC

06/11/2007 | 07:15


O Hospital Estadual Mário Covas vai inaugurar hoje uma ala psiquiátrica voltada principalmente a pacientes com dependência de álcool ou drogas. A unidade contará com 21 leitos para serviços de internação e enfermaria, mediante encaminhamento médico.

Além de viciados químicos, o centro psiquiátrico atenderá a pessoas com quadros psicóticos (como esquizofrenia, depressão e transtorno bipolar) e outros tipos de dependência, como viciados em jogo, internet, sexo ou trabalho.

De acordo com o superintendente do hospital, Geraldo Reple Sobrinho, é a primeira vez que o Hospital Estadual Mário Covas oferece um espaço para internação psiquiátrica. “É uma conquista para a região, pois vamos funcionar com uma nova proposta terapêutica que prevê devolver o paciente o mais rápido possível à comunidade.”

Depois que passar pelo processo de desintoxicação, o paciente será encaminhado ao Naps (Núcleo de Atenção Psicossocial) ou ao Caps (Centro de Atenção Psicossocial) mais próximo de sua casa para fazer o acompanhamento.

A expectativa é de atender a um mínimo de 50 ou 60 pessoas por mês. “Casos psiquiátricos são mais demorados. Para desintoxicar, leva-se um mínimo de dez dias, e para psicóticos não há como prever”, completa Sobrinho, lembrando que a nova ala contará com psicólogos, psiquiatras, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e assistente social.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;