Fechar
Publicidade

Domingo, 29 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Moradores do Jardim Primavera reclamam de falta d’água crônica


Leandro Calixto
Do Diário do Grande ABC

04/08/2005 | 08:22


“Tenho vergonha de receber visita em minha casa. Não tenho condições nem de oferecer um copo de água ou até mesmo deixar a visita ir ao banheiro.” É desta forma que a ajudante-geral Maria de Fátima Medeiros, 50 anos, resume sua indignação com a freqüente falta de água no Jardim Primavera, em Mauá. Nos últimos seis meses, boa parte dos 65 mil moradores do bairro e região têm sofrido com o problema de abastecimento de água. O fornecimento ocorre apenas durante a madrugada: da 1h às 6h. As ruas mais atingidas pelo desabastecimento são a das Rosas, Tulipas e das Margaridas, localizadas na parte alta do bairro.

A própria Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá) reconheceu a precariedade no fornecimento de água e informou que tem projeto para construção de um reservatório com capacidade para 9 milhões de litros de água. No entanto, para concluir este projeto, a Sama afirma que é necessária verba de R$ 10 milhões. A empresa afirma que já solicitou o dinheiro junto ao governo federal, por meio do Ministério das Cidades.

“Como este processo de liberação de verba é demorado, temos feito um estudo para instalar uma bomba na parte alta do bairro. Este aparelho vai ajudar atenuar um pouco o problema. Em dez dias, teremos uma posição”, garante o diretor de Abastecimento da Sama, Rogério de Paula Costa. Ele afirma ainda que, em caso de emergência, os moradores podem solicitar o envio de caminhões-pipa ao local.

Enquanto a situação não é resolvida, os moradores não escondem a revolta com a falta d’água. Há 22 anos vivendo no Jardim Primavera, a costureira Rosa Sampaio, 45 anos, afirma que o maior problema é o descaso por parte do poder público. “Eles não fazem absolutamente nada para resolver a questão. Os políticos só aparecem aqui em época de eleição. Para cozinhar, tenho que armazenar água em um galão. Isto é muito humilhante.”



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;