Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 10 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Prefeitura de São Bernardo decide privatizar o sistema de trânsito


Sérgio Vieira
Do Diário do Grande ABC

11/02/2006 | 07:39


A Prefeitura de São Bernardo vai privatizar o sistema de trânsito municipal. Na segunda-feira, serão abertos os envelopes das empresas que se inscreveram na licitação que terceiriza diversos serviços do setor. A vencedora será responsável pela implementação da sinalização vertical, horizontal e semafórica, circuito fechado de televisão, operação de trânsito, projetos de engenharia de tráfego, controladores de tráfego (lombadas eletrônicas), operação e apoio à fiscalização de trânsito, além de mobiliário urbano, como abrigos para usuários de transportes coletivos. A ganhadora não poderá ter patrimônio líquido inferior a R$ 10,9 milhões.

A privatização tem o objetivo de garantir economia e melhorar os serviços prestados, mas ainda não há valores de quanto será economizado. A Prefeitura estima gastar com a terceirização R$ 109,2 milhões pelo prazo de 60 meses (cinco anos) – R$ 21,8 milhões ao ano, equivalente a R$ 1,8 milhão ao mês. O valor total do contrato representa quase 6% do Orçamento municipal deste ano, R$ 1,9 bilhão.

O assessor especial do prefeito William Dib (PSB), Antônio Araldo Ferraz Dal Pozzo, confirma o que classifica de "miniprivatização" e afirma que o procedimento é uma tendência do Poder Público. "Há uma tendência de privatizar, já que o serviço fica mais barato para a Prefeitura", afirmou sem dizer de quanto será essa economia.

Para Dal Pozzo, o grande leque de serviços listados na licitação acaba eliminando um grupo de empresas, o que, para ele, representa uma "seleção natural". "Quando você contrata uma obra, acaba eliminando vários fornecedores. Se os serviços trazem entre si a mesma dependência, acaba ficando mais fácil licitar em conjunto. Além disso, garante segurança para a Prefeitura, já que a empresa necessariamente terá de ter saúde financeira para executar o serviço", analisa.

Apesar de todos esses passarem para a responsabilidade de uma única empresa, o assessor não vê riscos de o Executivo ter problemas de execução. "A Prefeitura tem mecanismos para se prevenir. Além disso, a fiscalização será feita pelo Poder Público", explica. O edital restringe a participação de consórcios (grupos de empresas) e subcontratação dos serviços após a assinatura do contrato.

O diretor do Departamento de Engenharia de Tráfego de São Bernardo, ligado à Secretaria de Transportes, Carlos Caoru, explica que o principal objetivo é melhorar a qualidade do trânsito no município. "O crescimento urbano nos últimos anos foi muito acelerado e o departamento não cresceu na mesma proporção. Daí a importância do apoio de uma empresa especializada", diz Caoru, citando a central semafórica de trânsito como uma das principais ações. "Por meio desse sistema, todo o conjunto de semáforos poderá ser controlado por um único cérebro à distância. Já implantamos um sistema experimental e vimos que funciona".

Licitação – A abertura dos envelopes tipo A, com informações sobre a empresa e toda documentação exigida, será feita na sede da Coordenadoria de Licitações e Materiais da Prefeitura, no bairro Anchieta, a partir das 9h. As concorrentes que forem consideradas inabilitadas terão cinco dias para recorrer da decisão. Após esse prazo, a Comissão Julgadora fará a abertura do envelope tipo B – com a proposta comercial – das classificadas. Será vencedora a empresa que oferecer o menor preço global para os serviços. Se houver empate, haverá sorteio.

Serviços que serão prestados

- Sinalização horizontal

- Sinalização vertical

- Sinalização semafórica

- Fornecer e implementar equipamentos de painel de mensagens variáveis

- Fornecer e implementar equipamentos do sistema de circuito interno de televisão

- Fornecer e implementar central semafórica de trânsito

- Fornecer e implementar controladores de tráfego

- Serviço de operação e apoio à fiscalização de trânsito

- Fornecer e implementar mobiliário urbano (abrigos para usuários de transporte coletivo)

- Projetos de engenharia de tráfego

- Locação, fornecimento e implementado sistema de controle de faixa exclusiva para ônibus e veículos autorizados

- Manutenção preventiva e corretiva



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;