Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 20 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Carina e Anaflavia devem se separar legalmente e seguem com advogados diferentes

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da Redação
Do Diário do Grande ABC

27/07/2021 | 10:31


Acusadas de matar e queimar os corpos de Flaviana Meneses Gonçalves, 40 anos, e Romuyuki Veras, 43, e do adolescente Juan Victor Gonçalves, 15, Anaflavia Meneses Gonçalves, 24, – filha do casal e irmã de Juan - e a namorada Carina Ramos, 31, devem se separar legalmente após terem sido presas pelo crime. A linha de defesa de Anaflavia e Carina é diferente e conflitante e com isso, Carina também já acionou outro advogado para defendê-la. 

O crime aconteceu no dia 28 de janeiro de 2020. Conforme acompanhado pelo Diário, as vítimas foram encontradas carbonizadas no porta-malas do carro da família, um Jeep Compass, na Estrada do Montanhão, em São Bernardo. Segundo a acusação, a filha do casal e sua companheira arquitetaram o crime para herdar os bens da família. O caso chocou o Brasil, já que a investigação chegou à conclusão de que o casal e o filho, diferentemente do que se ventilou no início do caso, foi ameaçado com arma de fogo para que entregassem pertences e a senha do cofre, além de terem sido drogados e mortos ainda dentro de casa.

De acordo com informações atuais do advogado Sebastião Siqueira, que antes representava as duas mas agora segue na defesa apenas de Anaflavia, a separação de Carina e Anaflavia ''já era o esperado'', pois o relacionamento se desgastou diante da situação. Em paralelo, segundo ele, um advogado não pode defender ''ideias conflitantes'' em um caso e com isso, partiu da própria Carina optar por outro advogado. 

“Desde o início, sempre conversamos e falamos que iríamos atuar na situação que julgássemos inocente. Mas partiu dela (Carina) mesmo”, declara Sebastião. O advogado de defesa ainda pontua que Anaflavia ''nem sequer queria que o roubo tivesse acontecido'' e acredita que ela foi envolvida no caso. 

O novo advogado de Carina Ramos se chama Fabio Gomes da Costa e o Diário não conseguiu contato com o profissional. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;