Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 1 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Mauá discute retorno da integração tarifária


Daniel Macário
Do Diário do Grande ABC

24/03/2017 | 07:00


 Reunião realizada nesta semana entre representantes da Prefeitura de Mauá e integrantes da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) formalizou abertura de diálogo entre as duas partes para o retorno da integração tarifária entre o transporte coletivo da cidade e o sistema de trens.

No encontro promovido no fim da tarde de anteontem foram discutidos ajustes necessários para que um novo contrato seja assinado, desta vez colocando a empresa Suzantur como a responsável pela bilhetagem e divisão do valor da receita recebida nas viagens, anteriormente sob responsabilidade da PK9 Tecnologia e Serviços Ltda .

Para que o acordo de cooperação seja assinado novamente, a Prefeitura de Mauá, por meio da Secretaria de Assuntos Jurídicos, já está em contato com a PK9 para que a empresa retire possíveis equipamentos que ainda estejam em aparelhos municipais.

Conforme denunciado pelo Diário, a retirada dos equipamentos da empresa tem impedido que diretores da PK9 se disponham a assinar o termo de encerramento do antigo acordo entre as partes. Sem este documento, o Paço de Mauá fica impossibilitado de firmar qualquer novo vínculo.

Segundo a Prefeitura de Mauá, a Secretaria de Mobilidade Urbana já está tomando as providências necessárias para enviar a nova documentação para a CPTM no menor tempo possível. Não foram estipulados prazos para que o serviço seja retomado.

Suspensa desde março do ano passado, a integração tarifaria concedia desconto de R$ 0,50 para que passageiros fizessem a baldeação entre ônibus municipais na estação ferroviária do Centro de Mauá.

 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;