Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 6 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Casos e mortes por covid-19 aumentam nos EUA, com relaxamento e novas cepas



16/04/2021 | 12:40


Diretora do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês), Rochelle Walensky afirmou nesta sexta-feira (16) que a situação na pandemia piora no país, tendência qualificada por ela como "muito preocupante". Durante entrevista coletiva da força-tarefa para combate à covid-19, ela disse que a média de casos nos últimos sete dias está agora em 69.500. "Apenas quatro semanas atrás, a média de sete dias estava em 53 mil por dia", comparou.

Rochelle Walensky também disse que houve alta de "5% a 8%" na taxa de hospitalizações pela doença pelo país, enquanto as mortes diárias "aumentaram pelo terceiro dia consecutivo". Segundo ela, o relaxamento em algumas das medidas para evitar transmissões e também a presença de novas cepas, mais contagiosas, são responsáveis pela piora no quadro.

O chefe da força-tarefa da Casa Branca, Andy Slavitt, afirmou que será liberada uma verba de US$ 1,7 bilhão para reforçar a busca e o combate a novas cepas potencialmente perigosas da covid-19. Ele também lembrou que, a partir de segunda-feira, dia 19, todos os adultos no país serão elegíveis a receber a vacina contra a covid-19.

O epidemiologista Anthony Fauci, assessor médico chefe do presidente americano, Joe Biden, por sua vez, comentou que há um estudo em andamento nos EUA sobre a possibilidade de aplicação de um reforço na vacina. Ontem, a Pfizer disse que pode ser necessária uma terceira dose de seu imunizante. Segundo Fauci, uma possibilidade seria um reforço mais voltado para alguma variante de risco.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Casos e mortes por covid-19 aumentam nos EUA, com relaxamento e novas cepas


16/04/2021 | 12:40


Diretora do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês), Rochelle Walensky afirmou nesta sexta-feira (16) que a situação na pandemia piora no país, tendência qualificada por ela como "muito preocupante". Durante entrevista coletiva da força-tarefa para combate à covid-19, ela disse que a média de casos nos últimos sete dias está agora em 69.500. "Apenas quatro semanas atrás, a média de sete dias estava em 53 mil por dia", comparou.

Rochelle Walensky também disse que houve alta de "5% a 8%" na taxa de hospitalizações pela doença pelo país, enquanto as mortes diárias "aumentaram pelo terceiro dia consecutivo". Segundo ela, o relaxamento em algumas das medidas para evitar transmissões e também a presença de novas cepas, mais contagiosas, são responsáveis pela piora no quadro.

O chefe da força-tarefa da Casa Branca, Andy Slavitt, afirmou que será liberada uma verba de US$ 1,7 bilhão para reforçar a busca e o combate a novas cepas potencialmente perigosas da covid-19. Ele também lembrou que, a partir de segunda-feira, dia 19, todos os adultos no país serão elegíveis a receber a vacina contra a covid-19.

O epidemiologista Anthony Fauci, assessor médico chefe do presidente americano, Joe Biden, por sua vez, comentou que há um estudo em andamento nos EUA sobre a possibilidade de aplicação de um reforço na vacina. Ontem, a Pfizer disse que pode ser necessária uma terceira dose de seu imunizante. Segundo Fauci, uma possibilidade seria um reforço mais voltado para alguma variante de risco.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;