Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Nova rotina na volta ao chão de fábrica

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Cerca de 4.500 funcionários retomaram o trabalho na fábrica de São Bernardo segunda-feira


Flávia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

12/05/2020 | 23:30


As atividades na planta de São Bernardo da Mercedes-Benz, que produz caminhões, chassis de ônibus, eixos, motores e câmbios, foram retomadas na segunda-feira. Cerca de 4.500 funcionários, equivalentes à metade do efetivo total, voltaram ao batente com nova rotina implementada para evitar a contaminação pelo novo coronavírus. Mesmo com o avanço do vírus em todo País, os operários afirmam que se sentem seguros com as medidas recém-adotadas.

Márcio Videro, 36 anos, trabalhador na montagem final, avalia que o retorno foi positivo. “Com medo, todo mundo está, seja fora ou dentro da empresa, mas pelo menos saímos de casa para trabalhar sabendo que teremos toda segurança que não temos quando vamos ao mercado, à padaria ou à farmácia”, assinalou. Além disso, ele afirma que é essencial retomar a produção “para voltar a girar a economia, mesmo que lentamente”.

A opinião é compartilhada pelo colega de setor Adriano Caproni dos Santos, 35. “É necessário voltar para não ter a quebra das empresas, principalmente se oferecer toda estrutura possível para nossa segurança”, apontou. Embora as atividades produtivas sigam as mesmas, diversos aspectos mudaram. “Está muito diferente do que era antes do novo coronavírus, temos que manter a distância de um metro e meio entre os colegas, e até no almoço está diferente, já que a empresa escalonou os intervalos e temos de cumprir o distanciamento mesmo nas mesas”, exemplificou.

MUDANÇAS
Para evitar aglomerações, os funcionários de áreas produtivas trabalharão de forma revezada e os de setores administrativos seguem em home office. Antes de iniciar a jornada, os operários têm a temperatura aferida, assim como no horário da refeição. A montadora distribuiu cartilha informativa, com base em recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde), explicando, por exemplo, a como usar a máscara de forma adequada, o modo certo de colocar, retirar e higienizar.

A limpeza e desinfecção de máquinas, equipamentos e ferramentas será realizada nos intervalos e trocas de turno. Além disso, cuidados especiais serão observados com os itens compartilhados durante o processo, assim como as limpezas periódicas adicionais durante o turno de trabalho.

A empresa também disponibilizou kits de limpeza para que os colaboradores possam cuidar de forma adequada dos seus postos de trabalho, e forneceu cinco máscaras laváveis e reutilizáveis para os colaboradores utilizarem não apenas enquanto trabalham, mas também no trajeto de ida e volta.

Outra medida foi a instalação de ambulatório de campanha, além do laboratório interno, para tratar funcionários que apresentem sintomas da Covid-19. O espaço tem leitos e respiradores mecânicos, com cerca de 30 funcionários disponíveis para atendimento.

MP 936
Os trabalhadores aprovaram, no dia 18 de abril, em assembleia virtual, duas medidas previstas na MP (Medida Provisória) 936. A primeira é a redução da jornada de trabalho em 25%, entre 4 de maio e 31 de julho, para todos os administrativos que não estejam ligados à produção, com a consequente redução salarial, conforme patamar de proventos dos empregados.

Também foi acordada a suspensão temporária de contratos de trabalho de 50% dos colaboradores ligados diretamente à produção, no período de 4 de maio a 30 de junho. Ao término, será concedido um segundo período de suspensão temporária, de 1º de julho a 31 de agosto, para os outros 50% dos colaboradores ligados à produção. A consequente redução nos salários segue o patamar salarial dos empregados. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Nova rotina na volta ao chão de fábrica

Cerca de 4.500 funcionários retomaram o trabalho na fábrica de São Bernardo segunda-feira

Flávia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

12/05/2020 | 23:30


As atividades na planta de São Bernardo da Mercedes-Benz, que produz caminhões, chassis de ônibus, eixos, motores e câmbios, foram retomadas na segunda-feira. Cerca de 4.500 funcionários, equivalentes à metade do efetivo total, voltaram ao batente com nova rotina implementada para evitar a contaminação pelo novo coronavírus. Mesmo com o avanço do vírus em todo País, os operários afirmam que se sentem seguros com as medidas recém-adotadas.

Márcio Videro, 36 anos, trabalhador na montagem final, avalia que o retorno foi positivo. “Com medo, todo mundo está, seja fora ou dentro da empresa, mas pelo menos saímos de casa para trabalhar sabendo que teremos toda segurança que não temos quando vamos ao mercado, à padaria ou à farmácia”, assinalou. Além disso, ele afirma que é essencial retomar a produção “para voltar a girar a economia, mesmo que lentamente”.

A opinião é compartilhada pelo colega de setor Adriano Caproni dos Santos, 35. “É necessário voltar para não ter a quebra das empresas, principalmente se oferecer toda estrutura possível para nossa segurança”, apontou. Embora as atividades produtivas sigam as mesmas, diversos aspectos mudaram. “Está muito diferente do que era antes do novo coronavírus, temos que manter a distância de um metro e meio entre os colegas, e até no almoço está diferente, já que a empresa escalonou os intervalos e temos de cumprir o distanciamento mesmo nas mesas”, exemplificou.

MUDANÇAS
Para evitar aglomerações, os funcionários de áreas produtivas trabalharão de forma revezada e os de setores administrativos seguem em home office. Antes de iniciar a jornada, os operários têm a temperatura aferida, assim como no horário da refeição. A montadora distribuiu cartilha informativa, com base em recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde), explicando, por exemplo, a como usar a máscara de forma adequada, o modo certo de colocar, retirar e higienizar.

A limpeza e desinfecção de máquinas, equipamentos e ferramentas será realizada nos intervalos e trocas de turno. Além disso, cuidados especiais serão observados com os itens compartilhados durante o processo, assim como as limpezas periódicas adicionais durante o turno de trabalho.

A empresa também disponibilizou kits de limpeza para que os colaboradores possam cuidar de forma adequada dos seus postos de trabalho, e forneceu cinco máscaras laváveis e reutilizáveis para os colaboradores utilizarem não apenas enquanto trabalham, mas também no trajeto de ida e volta.

Outra medida foi a instalação de ambulatório de campanha, além do laboratório interno, para tratar funcionários que apresentem sintomas da Covid-19. O espaço tem leitos e respiradores mecânicos, com cerca de 30 funcionários disponíveis para atendimento.

MP 936
Os trabalhadores aprovaram, no dia 18 de abril, em assembleia virtual, duas medidas previstas na MP (Medida Provisória) 936. A primeira é a redução da jornada de trabalho em 25%, entre 4 de maio e 31 de julho, para todos os administrativos que não estejam ligados à produção, com a consequente redução salarial, conforme patamar de proventos dos empregados.

Também foi acordada a suspensão temporária de contratos de trabalho de 50% dos colaboradores ligados diretamente à produção, no período de 4 de maio a 30 de junho. Ao término, será concedido um segundo período de suspensão temporária, de 1º de julho a 31 de agosto, para os outros 50% dos colaboradores ligados à produção. A consequente redução nos salários segue o patamar salarial dos empregados. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;