Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 31 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

Descubra porque cabelo não para de mudar


Caroline Ropero
Especial para o Diário

27/02/2011 | 07:01


* Com a consultoria de Francisco Le Voci, coordenador do ambulatório de doenças de cabelo e unhas da Faculdade de Medicia do ABC, e Adriano Almeida, diretor da Sociedade Brasileira do Cabelo.

 

Já pegou suas fotos de infância e ficou se perguntando por que o cabelo mudou tanto? Aqueles fios lisinhos ou com cachos definidos deram lugar a um cabelo armado e seco. O  conversou com um especialista e descobriu porque o cabelo teima em ser diferente com o tempo.

Por que o cabelo muda na adolescência?

Há mais de um motivo. Um deles é a grande quantidade de hormônios, que aumenta a oleosidade do couro cabeludo. Além disso, há uma mudança na forma como o fio nasce. Outro fator são os cuidados: a exposição ao sol, ao cloro das piscinas, à poluição, entre outras ações naturais. O uso de química também pode prejudicar.

 

Quais são essas mudanças?

Quando nascemos o cabelo é mais fino, mais ralo. Com o tempo, vai ficando grosso e, muitas vezes, muda a forma de crescer. O que é enrolado fica um pouco mais liso ou o liso fica encaracolado. Há casos em que a cor também muda, fica mais claro ou mais escuro.

 

Um dia ele volta a ser o que era?

Não. Quando adquire uma uniformidade, ele persiste. A única forma de deixá-lo parecido com o que era é por meio de tratamentos químicos, chapinha ou tinta.

 

Isso acontece mais com as meninas ou com os meninos?

É igual com os dois. Não há diferença porque a quantidade de hormônios aumenta em ambos, assim como as ações naturais.

 

A alimentação influencia na saúde dos fios?

A alimentação é importante para tudo, inclusive para os cabelos. Comer coisas saudáveis ajuda a manter os fios fortes. É importante ingerir sempre frutas, legumes, verduras e, principalmente, proteínas. Sem hábitos saudáveis o cabelo fica fraco e quebra.

 

O uso de produtos químicos muda os fios?

Todo procedimento danifica o cabelo. A diferença é que alguns produtos prejudicam mais do que os outros. Além disso, algumas pessoas são sensíveis a algumas substâncias, então é importante escolher o melhor procedimento. Tudo que é usado em excesso pode fazer mal.

 

Usar boné ou gorro faz o cabelo cair?

O uso não provoca queda de cabelo. O que não pode é usar por muitas horas todos os dias, pois aumenta a oleosidade e pode causar doenças, como a caspa.

 

Nada de exageros - Chapinha, baby liss, progressiva e tintura são métodos que deixam o cabelo muito estiloso, mas também muito danificado. Por isso, é importante usar os produtos da forma correta, para diminuir os danos.

Tudo que é muito quente prejudica os fio. O superaquecimento aumenta a oleosidade ao mesmo tempo em que resseca. Então, é bom não abusar e usar só de vez em quando. O produto mais indicado é o secador, que não deve nunca encostar nos fios. O cabelo é composto, basicamente, de uma proteína: a alfa-queratina. Quando aquecida, pode ser danificada.

Tintura, progressiva, relaxamento e qualquer outro produto químico não são indicados para quem tem menos de 16 anos. O uso abusivo pode agredir e quebrar os fios.

 

Como cuidar

É importante hidratar todo mês para dar força e brilho. Quem usa química o indicado é fazer a cada 15 dias. Se não tem grana para ir a um salão, compre os produtos necessários e faça você mesmo. Só tome cuidado com a qualidade do material.

Para não ficar com as pontas ressecadas, é recomendado cortar a cada dois meses. O ideal também é manter o cabelo solto, pois o elástico usado para prender deixa o cabelo quebradiço.

A escolha dos produtos certos para o seu cabelo também é importante. Há produtos para cabelos oleosos, secos, mistos e naturais. E até para os lisos e encaracolados.

Na hora de lavar o cabelo não esqueça de enxaguar bem. Os resíduos do xampu e do condicionador podem provocar descamação e coceira. Lembre-se de não usar água muito quente, pois resseca os fios e aumenta a oleosidade.

 

Você sabia que ...

A estrutura do cabelo é definida pelo DNA, mas fatores como sol e química podem modificar as características dos fios.

É mito afirmar que raspar a cabeça faz o cabelo crescer mais grosso; até hoje isso não foi comprovado cientificamente.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Descubra porque cabelo não para de mudar

Caroline Ropero
Especial para o Diário

27/02/2011 | 07:01


* Com a consultoria de Francisco Le Voci, coordenador do ambulatório de doenças de cabelo e unhas da Faculdade de Medicia do ABC, e Adriano Almeida, diretor da Sociedade Brasileira do Cabelo.

 

Já pegou suas fotos de infância e ficou se perguntando por que o cabelo mudou tanto? Aqueles fios lisinhos ou com cachos definidos deram lugar a um cabelo armado e seco. O  conversou com um especialista e descobriu porque o cabelo teima em ser diferente com o tempo.

Por que o cabelo muda na adolescência?

Há mais de um motivo. Um deles é a grande quantidade de hormônios, que aumenta a oleosidade do couro cabeludo. Além disso, há uma mudança na forma como o fio nasce. Outro fator são os cuidados: a exposição ao sol, ao cloro das piscinas, à poluição, entre outras ações naturais. O uso de química também pode prejudicar.

 

Quais são essas mudanças?

Quando nascemos o cabelo é mais fino, mais ralo. Com o tempo, vai ficando grosso e, muitas vezes, muda a forma de crescer. O que é enrolado fica um pouco mais liso ou o liso fica encaracolado. Há casos em que a cor também muda, fica mais claro ou mais escuro.

 

Um dia ele volta a ser o que era?

Não. Quando adquire uma uniformidade, ele persiste. A única forma de deixá-lo parecido com o que era é por meio de tratamentos químicos, chapinha ou tinta.

 

Isso acontece mais com as meninas ou com os meninos?

É igual com os dois. Não há diferença porque a quantidade de hormônios aumenta em ambos, assim como as ações naturais.

 

A alimentação influencia na saúde dos fios?

A alimentação é importante para tudo, inclusive para os cabelos. Comer coisas saudáveis ajuda a manter os fios fortes. É importante ingerir sempre frutas, legumes, verduras e, principalmente, proteínas. Sem hábitos saudáveis o cabelo fica fraco e quebra.

 

O uso de produtos químicos muda os fios?

Todo procedimento danifica o cabelo. A diferença é que alguns produtos prejudicam mais do que os outros. Além disso, algumas pessoas são sensíveis a algumas substâncias, então é importante escolher o melhor procedimento. Tudo que é usado em excesso pode fazer mal.

 

Usar boné ou gorro faz o cabelo cair?

O uso não provoca queda de cabelo. O que não pode é usar por muitas horas todos os dias, pois aumenta a oleosidade e pode causar doenças, como a caspa.

 

Nada de exageros - Chapinha, baby liss, progressiva e tintura são métodos que deixam o cabelo muito estiloso, mas também muito danificado. Por isso, é importante usar os produtos da forma correta, para diminuir os danos.

Tudo que é muito quente prejudica os fio. O superaquecimento aumenta a oleosidade ao mesmo tempo em que resseca. Então, é bom não abusar e usar só de vez em quando. O produto mais indicado é o secador, que não deve nunca encostar nos fios. O cabelo é composto, basicamente, de uma proteína: a alfa-queratina. Quando aquecida, pode ser danificada.

Tintura, progressiva, relaxamento e qualquer outro produto químico não são indicados para quem tem menos de 16 anos. O uso abusivo pode agredir e quebrar os fios.

 

Como cuidar

É importante hidratar todo mês para dar força e brilho. Quem usa química o indicado é fazer a cada 15 dias. Se não tem grana para ir a um salão, compre os produtos necessários e faça você mesmo. Só tome cuidado com a qualidade do material.

Para não ficar com as pontas ressecadas, é recomendado cortar a cada dois meses. O ideal também é manter o cabelo solto, pois o elástico usado para prender deixa o cabelo quebradiço.

A escolha dos produtos certos para o seu cabelo também é importante. Há produtos para cabelos oleosos, secos, mistos e naturais. E até para os lisos e encaracolados.

Na hora de lavar o cabelo não esqueça de enxaguar bem. Os resíduos do xampu e do condicionador podem provocar descamação e coceira. Lembre-se de não usar água muito quente, pois resseca os fios e aumenta a oleosidade.

 

Você sabia que ...

A estrutura do cabelo é definida pelo DNA, mas fatores como sol e química podem modificar as características dos fios.

É mito afirmar que raspar a cabeça faz o cabelo crescer mais grosso; até hoje isso não foi comprovado cientificamente.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;