Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Falha em motor provoca incêndio em trem da CPTM


Andressa Dantas
Especial para o Diário

12/11/2012 | 07:00


Composição da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) pegou fogo na tarde de ontem devido a falha no motor. O acidente ocorreu quando o trem passava pela estação Ribeirão Pires, da Linha 10-Turquesa.

O incêndio foi rapidamente contido pelo Corpo de Bombeiros. Segundo funcionários da estação ninguém ficou ferido.

Por conta do acidente, maquinista e usuários desembarcaram com a ajuda de funcionários. A estação ficou aproximadamente 40 minutos sem funcionamento para remoção do trem e contenção do fogo, o que provocou lotação nas plataformas. Durante esse período, o deslocamento era feito por ônibus colocados pela companhia.

Aos poucos, o serviço foi normalizado. As viagens com destino a Rio Grande da Serra e Brás, na Capital, passaram a ser feitas por apenas um trilho, causando lentidão no sistema.

De acordo com a CPTM, as composições voltaram a circular regularmente na noite de ontem. A previsão é de que hoje o sistema esteja normal.

Os responsáveis pelo tráfego dos trens não informaram a causa da falha no motor, mas garantiram que os veículos da empresa passam frequentemente por manutenção rigorosa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Falha em motor provoca incêndio em trem da CPTM

Andressa Dantas
Especial para o Diário

12/11/2012 | 07:00


Composição da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) pegou fogo na tarde de ontem devido a falha no motor. O acidente ocorreu quando o trem passava pela estação Ribeirão Pires, da Linha 10-Turquesa.

O incêndio foi rapidamente contido pelo Corpo de Bombeiros. Segundo funcionários da estação ninguém ficou ferido.

Por conta do acidente, maquinista e usuários desembarcaram com a ajuda de funcionários. A estação ficou aproximadamente 40 minutos sem funcionamento para remoção do trem e contenção do fogo, o que provocou lotação nas plataformas. Durante esse período, o deslocamento era feito por ônibus colocados pela companhia.

Aos poucos, o serviço foi normalizado. As viagens com destino a Rio Grande da Serra e Brás, na Capital, passaram a ser feitas por apenas um trilho, causando lentidão no sistema.

De acordo com a CPTM, as composições voltaram a circular regularmente na noite de ontem. A previsão é de que hoje o sistema esteja normal.

Os responsáveis pelo tráfego dos trens não informaram a causa da falha no motor, mas garantiram que os veículos da empresa passam frequentemente por manutenção rigorosa.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;