Fechar
Publicidade

Domingo, 28 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Bolsas de NY fecham mistas, em meio a pessimismo por covid-19 e realização



22/01/2021 | 19:22


As bolsas de Nova York fecharam sem sinal único nesta sexta-feira, 22, com impulso do Nasdaq na reta final, renovando recorde de fechamento. Em grande parte do dia, porém, as bolsas operaram em baixa, em meio ao pessimismo com o avanço da covid-19. Além disso, houve certa realização de lucros, após a euforia dos mercados com o inicio do governo de Joe Biden e a possibilidade de estímulos fiscais

O Dow Jones fechou em queda de 0,57%, a 30.996,98 pontos, o S&P 500 caiu 0,30%, para 3.841,47 pontos, mas o Nasdaq subiu 0,09%, a 13.543,06 pontos. Na comparação semanal, os três índices avançaram: 0,59%, 1,94% e 4,19%, respectivamente.

A sexta-feira foi marcada por incertezas. Nos EUA, o cronograma de vacinação contra a covid-19 é fonte de dúvidas. Biden estabeleceu a meta de vacinar 100 milhões de pessoas em seus 100 primeiro dias de governo, mas tem sido questionado sobre se esse objetivo é suficientemente ambicioso.

"Quando anunciei, todos vocês disseram que não era possível. Vamos, me dê um tempo, cara", irritou-se o presidente quando perguntado sobre a questão por um repórter. Nesta sexta, Biden indicou ainda que a covid-19 deve matar 600 mil pessoas nos EUA.

Com a baixa do petróleo e a cautela com a covid-19, as ações de petroleiras tiveram queda, como a Chevron (-0,28%) e Exxon Mobil (-1,41%).

Ao longo do dia, porém, indicadores da economia americana bem recebidos limitaram as perdas nas ações. O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto mostrou alta a 58 em janeiro, enquanto as vendas de moradias usadas subiram 0,7% de novembro para dezembro.

No Nasdaq, Apple (+1,61%) e Twitter (+1,99%) ajudaram a levar o índice a fechar em alta. Por outro lado, IBM teve baixa de 9,91%, e Intel de 9,29%, reagindo à publicação de balanços da quinta-feira.

A Capital Economics avalia que o mercado de ações não sofreu muito com os avanços da covid-19 desde que as notícias positivas sobre vacinas começaram a ser divulgadas em novembro, e projeta um rali no mercado acionário em 2021, em meio a uma recuperação geral dos ativos de risco.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bolsas de NY fecham mistas, em meio a pessimismo por covid-19 e realização


22/01/2021 | 19:22


As bolsas de Nova York fecharam sem sinal único nesta sexta-feira, 22, com impulso do Nasdaq na reta final, renovando recorde de fechamento. Em grande parte do dia, porém, as bolsas operaram em baixa, em meio ao pessimismo com o avanço da covid-19. Além disso, houve certa realização de lucros, após a euforia dos mercados com o inicio do governo de Joe Biden e a possibilidade de estímulos fiscais

O Dow Jones fechou em queda de 0,57%, a 30.996,98 pontos, o S&P 500 caiu 0,30%, para 3.841,47 pontos, mas o Nasdaq subiu 0,09%, a 13.543,06 pontos. Na comparação semanal, os três índices avançaram: 0,59%, 1,94% e 4,19%, respectivamente.

A sexta-feira foi marcada por incertezas. Nos EUA, o cronograma de vacinação contra a covid-19 é fonte de dúvidas. Biden estabeleceu a meta de vacinar 100 milhões de pessoas em seus 100 primeiro dias de governo, mas tem sido questionado sobre se esse objetivo é suficientemente ambicioso.

"Quando anunciei, todos vocês disseram que não era possível. Vamos, me dê um tempo, cara", irritou-se o presidente quando perguntado sobre a questão por um repórter. Nesta sexta, Biden indicou ainda que a covid-19 deve matar 600 mil pessoas nos EUA.

Com a baixa do petróleo e a cautela com a covid-19, as ações de petroleiras tiveram queda, como a Chevron (-0,28%) e Exxon Mobil (-1,41%).

Ao longo do dia, porém, indicadores da economia americana bem recebidos limitaram as perdas nas ações. O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto mostrou alta a 58 em janeiro, enquanto as vendas de moradias usadas subiram 0,7% de novembro para dezembro.

No Nasdaq, Apple (+1,61%) e Twitter (+1,99%) ajudaram a levar o índice a fechar em alta. Por outro lado, IBM teve baixa de 9,91%, e Intel de 9,29%, reagindo à publicação de balanços da quinta-feira.

A Capital Economics avalia que o mercado de ações não sofreu muito com os avanços da covid-19 desde que as notícias positivas sobre vacinas começaram a ser divulgadas em novembro, e projeta um rali no mercado acionário em 2021, em meio a uma recuperação geral dos ativos de risco.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;