Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 13 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

União dá sinal verde à
obra no Adib Chammas

Andréa Iseki/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Prefeito de Santo André recebe garantia de
ministro que haverá repasse para finalizar viaduto


Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

16/08/2014 | 07:00


O prefeito de Santo André, Carlos Grana (PT), obteve garantia da União que serão liberados recursos para conclusão do elevado Antônio Adib Chammas, que liga a região central aos bairros do 2º Subdistrito. Ao lado do deputado federal Vanderlei Siraque (PT), o petista se reuniu na quinta-feira com o ministro de Relações Institucionais, Ricardo Berzoini (PT), responsável pela articulação política do Planalto, para tratar do assunto.

Em entrevista exclusiva ao Diário, Grana sinalizou que o Paço elencou o projeto viário como prioritário na agenda feita na Capital Federal, especialmente diante do “compromisso firmado pelo ministro”. A obra completa está orçada em R$ 13 milhões. “Pedimos R$ 18 milhões para infraestrutura. Se vai sair na totalidade ou parcela dessa verba ficará sob negociação do Siraque. O município vai tratar da demanda direto com o Ministério das Cidades”, disse Grana.

A verba para retomar o antigo plano se efetivaria por meio de emenda ao Orçamento federal de 2015 para iniciar a segunda parte do viaduto. A projeção inicial era contar com R$ 6 milhões do deputado já neste ano. Siraque, por sua vez, alegou que, por problemas técnicos, a União deixou de disponibilizar valores relativos de dois anos. “Há saldo político. Com a mudança no ministério (antes era Ideli Salvatti), agora de fato foi refeita a interlocução.”

A construção de faixas adicionais estava prevista no projeto original do viaduto, inaugurado em 1981, que tem cerca de um quilômetro de extensão. As pistas sobre a Avenida dos Estados são mais estreitas do que no restante do elevado. Há projeto básico pronto. Grana afirmou que a Prefeitura vai atualizar o modelo, com expectativa de abrir licitação no ano que vem. A intervenção deve durar de 12 a 24 meses. Outra proposta viária do governo é fazer alteamento da Avenida dos Estados, na região do bairro Santa Terezinha.

FUNDAÇÃO
A reunião em Brasília também serviu para destravar outros pleitos da cidade, sendo um deles relacionado à Fundação Santo André. Siraque apresentou emenda à Medida Provisória 651, que prevê a prorrogação de prazo para instituição aderir a projeto de refinanciamento de dívida de instituições educacionais. Com a aprovação do texto, prevista para novembro, a entidade poderá quitar o débito de cerca de R$ 15 milhões em até 180 vezes.

O outro se refere à análise, por parte do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), da compra da empresa Solvay pela Braskem. A comissão analisa a negociação. Grana é a favor do acordo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

União dá sinal verde à
obra no Adib Chammas

Prefeito de Santo André recebe garantia de
ministro que haverá repasse para finalizar viaduto

Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

16/08/2014 | 07:00


O prefeito de Santo André, Carlos Grana (PT), obteve garantia da União que serão liberados recursos para conclusão do elevado Antônio Adib Chammas, que liga a região central aos bairros do 2º Subdistrito. Ao lado do deputado federal Vanderlei Siraque (PT), o petista se reuniu na quinta-feira com o ministro de Relações Institucionais, Ricardo Berzoini (PT), responsável pela articulação política do Planalto, para tratar do assunto.

Em entrevista exclusiva ao Diário, Grana sinalizou que o Paço elencou o projeto viário como prioritário na agenda feita na Capital Federal, especialmente diante do “compromisso firmado pelo ministro”. A obra completa está orçada em R$ 13 milhões. “Pedimos R$ 18 milhões para infraestrutura. Se vai sair na totalidade ou parcela dessa verba ficará sob negociação do Siraque. O município vai tratar da demanda direto com o Ministério das Cidades”, disse Grana.

A verba para retomar o antigo plano se efetivaria por meio de emenda ao Orçamento federal de 2015 para iniciar a segunda parte do viaduto. A projeção inicial era contar com R$ 6 milhões do deputado já neste ano. Siraque, por sua vez, alegou que, por problemas técnicos, a União deixou de disponibilizar valores relativos de dois anos. “Há saldo político. Com a mudança no ministério (antes era Ideli Salvatti), agora de fato foi refeita a interlocução.”

A construção de faixas adicionais estava prevista no projeto original do viaduto, inaugurado em 1981, que tem cerca de um quilômetro de extensão. As pistas sobre a Avenida dos Estados são mais estreitas do que no restante do elevado. Há projeto básico pronto. Grana afirmou que a Prefeitura vai atualizar o modelo, com expectativa de abrir licitação no ano que vem. A intervenção deve durar de 12 a 24 meses. Outra proposta viária do governo é fazer alteamento da Avenida dos Estados, na região do bairro Santa Terezinha.

FUNDAÇÃO
A reunião em Brasília também serviu para destravar outros pleitos da cidade, sendo um deles relacionado à Fundação Santo André. Siraque apresentou emenda à Medida Provisória 651, que prevê a prorrogação de prazo para instituição aderir a projeto de refinanciamento de dívida de instituições educacionais. Com a aprovação do texto, prevista para novembro, a entidade poderá quitar o débito de cerca de R$ 15 milhões em até 180 vezes.

O outro se refere à análise, por parte do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), da compra da empresa Solvay pela Braskem. A comissão analisa a negociação. Grana é a favor do acordo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;