Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 28 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santo André pega o Água Santa em clássico de iguais na Copa Paulista

Clássico será disputado no Bruno Daniel e opõe times que se conhecem das categorias de base


Anderson Fattori

05/08/2018 | 07:00


Clássico regional marca hoje o início da caminhada de Santo André e Água Santa na Copa Paulista. Com ambições modestas, os rivais medem forças às 15h, no Bruno Daniel. O ingresso para acompanhar a partida custa R$ 20, sendo que estudantes, portadores de necessidades especiais e professores da rede pública pagam metade do valor. Maiores de 60 anos e menores de 12 têm entrada gratuita.

O Ramalhão vai disputar a competição com jogadores que pertencem ao clube e estavam emprestados, reforçado por remanescentes do elenco do Campeonato Paulista e pelos garotos da equipe sub-20. “Conhecemos bem o Água Santa, assim como eles nos conhecem. Espero surpreender e não ser surpreendido. Queremos impor nosso ritmo, preocupar o adversário. Temos de jogar, ter personalidade e confiança no nosso potencial para iniciar com uma vitória em casa, que seria muito importante para o grupo”, projetou o técnico José Carlos Palhavam, que concilia o trabalho no profissional com o time sub-20.

No Água Santa, a expectativa é em relação ao comportamento do time sub-20, já que a maioria dos jogadores sequer atuou nos profissionais. Com isso, a aposta é no técnico Antônio Carlos Papel, que está há quatro anos na categoria e conhece bem o elenco. O treinador preferiu não jogar pressão em seus jogadores.

“Vamos jogar com cautela e com estratégia. Ficaremos mais na defensiva porque sei que assim o bom resultado vai vir. Uma bola pode decidir. Vai ser a primeira experiência desse grupo no profissional, mas já conhecemos o Santo André, tanto na equipe de cima quanto no sub-20, principalmente por ser da região. Vai ser jogo de igual para igual. O campeonato será assim”, avaliou Papel.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santo André pega o Água Santa em clássico de iguais na Copa Paulista

Clássico será disputado no Bruno Daniel e opõe times que se conhecem das categorias de base

Anderson Fattori

05/08/2018 | 07:00


Clássico regional marca hoje o início da caminhada de Santo André e Água Santa na Copa Paulista. Com ambições modestas, os rivais medem forças às 15h, no Bruno Daniel. O ingresso para acompanhar a partida custa R$ 20, sendo que estudantes, portadores de necessidades especiais e professores da rede pública pagam metade do valor. Maiores de 60 anos e menores de 12 têm entrada gratuita.

O Ramalhão vai disputar a competição com jogadores que pertencem ao clube e estavam emprestados, reforçado por remanescentes do elenco do Campeonato Paulista e pelos garotos da equipe sub-20. “Conhecemos bem o Água Santa, assim como eles nos conhecem. Espero surpreender e não ser surpreendido. Queremos impor nosso ritmo, preocupar o adversário. Temos de jogar, ter personalidade e confiança no nosso potencial para iniciar com uma vitória em casa, que seria muito importante para o grupo”, projetou o técnico José Carlos Palhavam, que concilia o trabalho no profissional com o time sub-20.

No Água Santa, a expectativa é em relação ao comportamento do time sub-20, já que a maioria dos jogadores sequer atuou nos profissionais. Com isso, a aposta é no técnico Antônio Carlos Papel, que está há quatro anos na categoria e conhece bem o elenco. O treinador preferiu não jogar pressão em seus jogadores.

“Vamos jogar com cautela e com estratégia. Ficaremos mais na defensiva porque sei que assim o bom resultado vai vir. Uma bola pode decidir. Vai ser a primeira experiência desse grupo no profissional, mas já conhecemos o Santo André, tanto na equipe de cima quanto no sub-20, principalmente por ser da região. Vai ser jogo de igual para igual. O campeonato será assim”, avaliou Papel.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;