Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Quatro presos morrem em Cadeia Pública de Piracicaba


Do Diário do Grande ABC

08/01/2000 | 15:16


Uma briga de presos acabou em quatro mortes na cadeia pública de Piracicaba. A confusao foi na sexta-feira à noite, quando um grupo de detentos estourou o cadeado e invadiu os pavilhoes C e D, onde há cerca de 300 homens. A polícia, que ainda nao havia feito a identificaçao dos corpos, acredita que toda briga ocorreu por vingança entre os líderes do presídio.

A polícia encontrou, em vistoria realizada após a briga, uma pistola semi-automática e várias facas em poder dos detentos. Nao é a primeira vez que ocorrem brigas entre os presos. Só no último ano morreram 22 detentos por causa de conflitos internos.

A cadeia de Piracicaba tem 650 detentos, o que representa 150 a mais de sua capacidade. A diretoria do presídio, apesar do conflito, decidiu manter horário de visita programado para este domingo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Quatro presos morrem em Cadeia Pública de Piracicaba

Do Diário do Grande ABC

08/01/2000 | 15:16


Uma briga de presos acabou em quatro mortes na cadeia pública de Piracicaba. A confusao foi na sexta-feira à noite, quando um grupo de detentos estourou o cadeado e invadiu os pavilhoes C e D, onde há cerca de 300 homens. A polícia, que ainda nao havia feito a identificaçao dos corpos, acredita que toda briga ocorreu por vingança entre os líderes do presídio.

A polícia encontrou, em vistoria realizada após a briga, uma pistola semi-automática e várias facas em poder dos detentos. Nao é a primeira vez que ocorrem brigas entre os presos. Só no último ano morreram 22 detentos por causa de conflitos internos.

A cadeia de Piracicaba tem 650 detentos, o que representa 150 a mais de sua capacidade. A diretoria do presídio, apesar do conflito, decidiu manter horário de visita programado para este domingo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;