Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 29 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Exaustao de atletas preocupa técnico do Corinthians


Do Diário do Grande ABC

08/01/2000 | 13:38


Uma rotina nos jogos do Corinthians do Mundial de Clubes tem tirado a tranquilidade do técnico Oswaldo de Oliveira. Durante a segunda parte das partidas sempre quatro ou cinco jogadores solicitam substituiçao. "Escolho aqueles que em um maior grau estao deixando de realizar suas funçoes em campo", disse o treinador. Este foi o critério para a retirada do volante Vampeta no jogo contra o Real Madrid na sexta-feira.

A necessidade de conseguir um resultado superior a dois gols sobre o Al Nassr em comparaçao ao que o Real Madrid possa construir diante do Raja Casablanca nao preocupa Oswaldo. "Nao acredito que precisaremos de uma goleada, pois todos os jogos estao sendo e serao difíceis nesta competiçao." Os jogadores, apesar do evidente cansaço, mostram-se entusiasmados em obter a vaga para a final do Mundial, a ser disputada sexta-feira, no Rio. "Todos terao de jogar no sacrifício neste momento", disse o atacante Luizao. "Temos de esquecer o cansaço e jogar firme até o fim", completou o colombiano Rincón, capitao do time.

Bronca - Sempre comedido, Oswaldo de Oliveira rebateu as críticas do técnico Vincente Del Bosque, que, logo após a partida de sexta-feira à noite nao aprovou a tabela colocando o time espanhol para jogar a primeira partida da rodada dupla de segunda-feira. Segundo Del Bosque, o Corinthians levará vantagem pois saberá qual o resultado que terá de conseguir diante do Al Nassr para ficar com o primeiro lugar no Grupo A. "Também gostaria de dizer, entao, que nós atuamos no segundo jogo da primeira rodada e na primeira partida na segunda rodada; portanto, tivemos menos de 48 horas de descanso, o que nao é permitido pela Fifa", retrucou o técnico corintiano.

Depois do jogo contra o Real Madrid os jogadores do Corinthians foram liberados do regime de concentraçao a que estavam submetidos desde terça-feira. O elenco treinou sábado à tarde e volta ao Parque Sao Jorge neste domingo (16h) para o último treino antes do último jogo da primeira fase do Mundial.

Al Nassr - "Nao existe jogo fácil em um Mundial; isto é como Copa do Mundo", disse Oswaldo. "Se entrarmos meia força fica difícil recuperar o ritmo dentro de uma partida", afirmou Rincón. "Estamos em desvantagem na classificaçao, o jogo é decisivo e trata-se de um Mundial", comentou Edílson.

Sorteio - Pelo regulamento da competiçao, o Corinthians é o segundo colocado do Grupo A. O time soma os mesmos quatro pontos do Real Madrid, tem o mesmo saldo de gols (dois), mas marcou quatro gols na competiçao, contra cinco do time espanhol. Caso o Real vença, por exemplo o Raja Casablanca por dois gols de diferença, o Corinthians terá de conseguir uma vantagem de quatro gols sobre o Al Nassr para ser o campeao do grupo. Como as equipes empataram no confronto direto (2 a 2) nao há mais nenhum critério de desempate. A vaga para a final poderá ser decidida no sorteio, a ser realizado pelo Comitê Organizador do Mundial.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Exaustao de atletas preocupa técnico do Corinthians

Do Diário do Grande ABC

08/01/2000 | 13:38


Uma rotina nos jogos do Corinthians do Mundial de Clubes tem tirado a tranquilidade do técnico Oswaldo de Oliveira. Durante a segunda parte das partidas sempre quatro ou cinco jogadores solicitam substituiçao. "Escolho aqueles que em um maior grau estao deixando de realizar suas funçoes em campo", disse o treinador. Este foi o critério para a retirada do volante Vampeta no jogo contra o Real Madrid na sexta-feira.

A necessidade de conseguir um resultado superior a dois gols sobre o Al Nassr em comparaçao ao que o Real Madrid possa construir diante do Raja Casablanca nao preocupa Oswaldo. "Nao acredito que precisaremos de uma goleada, pois todos os jogos estao sendo e serao difíceis nesta competiçao." Os jogadores, apesar do evidente cansaço, mostram-se entusiasmados em obter a vaga para a final do Mundial, a ser disputada sexta-feira, no Rio. "Todos terao de jogar no sacrifício neste momento", disse o atacante Luizao. "Temos de esquecer o cansaço e jogar firme até o fim", completou o colombiano Rincón, capitao do time.

Bronca - Sempre comedido, Oswaldo de Oliveira rebateu as críticas do técnico Vincente Del Bosque, que, logo após a partida de sexta-feira à noite nao aprovou a tabela colocando o time espanhol para jogar a primeira partida da rodada dupla de segunda-feira. Segundo Del Bosque, o Corinthians levará vantagem pois saberá qual o resultado que terá de conseguir diante do Al Nassr para ficar com o primeiro lugar no Grupo A. "Também gostaria de dizer, entao, que nós atuamos no segundo jogo da primeira rodada e na primeira partida na segunda rodada; portanto, tivemos menos de 48 horas de descanso, o que nao é permitido pela Fifa", retrucou o técnico corintiano.

Depois do jogo contra o Real Madrid os jogadores do Corinthians foram liberados do regime de concentraçao a que estavam submetidos desde terça-feira. O elenco treinou sábado à tarde e volta ao Parque Sao Jorge neste domingo (16h) para o último treino antes do último jogo da primeira fase do Mundial.

Al Nassr - "Nao existe jogo fácil em um Mundial; isto é como Copa do Mundo", disse Oswaldo. "Se entrarmos meia força fica difícil recuperar o ritmo dentro de uma partida", afirmou Rincón. "Estamos em desvantagem na classificaçao, o jogo é decisivo e trata-se de um Mundial", comentou Edílson.

Sorteio - Pelo regulamento da competiçao, o Corinthians é o segundo colocado do Grupo A. O time soma os mesmos quatro pontos do Real Madrid, tem o mesmo saldo de gols (dois), mas marcou quatro gols na competiçao, contra cinco do time espanhol. Caso o Real vença, por exemplo o Raja Casablanca por dois gols de diferença, o Corinthians terá de conseguir uma vantagem de quatro gols sobre o Al Nassr para ser o campeao do grupo. Como as equipes empataram no confronto direto (2 a 2) nao há mais nenhum critério de desempate. A vaga para a final poderá ser decidida no sorteio, a ser realizado pelo Comitê Organizador do Mundial.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;