Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 3 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Doses de teste da Coronavac chegam a São Paulo e começam a ser aplicadas em voluntário amanhã

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Pacientes serão avaliados a cada 15 dias e estimativa é de que em 90 dias estudos sejam concluídos


Vanessa Soares
Do dgabc.com.br

20/07/2020 | 12:46


Em coletiva de imprensa realizada no início da tarde desta segunda-feira (20) no Palácio dos Bandeirantes, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que chegaram hoje cerca de 20 mil doses da vacina contra o coronavírus que está na fase 3 de estudos clínicos e que serão aplicadas em 9 mil voluntários a partir de amanhã. "Hoje é um momento histórico para a ciência brasileira. A Coronavac é uma das vacinas contra o coronavírus em fases mais avançadas. É dia de esperança para milhões de brasileiros e para habitantes de outros países, onde essa vacina também poderá ser aplicada", comentou Doria, otimista.

Cerca de 890 voluntários entre médicos, paramédicos, enfermeiros e técnicos que atuam na comissão de frente no combate contra a Covid-19 participarão do estudo no Hospital das Clínicas da USP (Universidade de São Paulo), além de mais voluntários em outros 11 centros de estudos que foram previamente selecionados, como a USCS (Universidade de São Caetano) .

As doses de teste seguem agora para o o Instituto Butantan, que encabeça o estudo. A partir da aplicação do imunizante, os voluntários serão avaliados a cada duas semanas, além de relatarem em diário os sintomas e estado de saúde diariamente. A estimativa é concluir os estudos em até 90 dias. Comprovada a eficácia, a vacina será produzida em larga escala a partir do início de 2021.

São Paulo tem hoje 416.434 mil casos da Covid-19 confirmados, com 19.788 mortes. 5.852 pacientes estão internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e outros 8.746 em enfermaria. 282.391 pessoas se recuperaram e 59.210 tiveram alta hospitalar.


 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Doses de teste da Coronavac chegam a São Paulo e começam a ser aplicadas em voluntário amanhã

Pacientes serão avaliados a cada 15 dias e estimativa é de que em 90 dias estudos sejam concluídos

Vanessa Soares
Do dgabc.com.br

20/07/2020 | 12:46


Em coletiva de imprensa realizada no início da tarde desta segunda-feira (20) no Palácio dos Bandeirantes, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que chegaram hoje cerca de 20 mil doses da vacina contra o coronavírus que está na fase 3 de estudos clínicos e que serão aplicadas em 9 mil voluntários a partir de amanhã. "Hoje é um momento histórico para a ciência brasileira. A Coronavac é uma das vacinas contra o coronavírus em fases mais avançadas. É dia de esperança para milhões de brasileiros e para habitantes de outros países, onde essa vacina também poderá ser aplicada", comentou Doria, otimista.

Cerca de 890 voluntários entre médicos, paramédicos, enfermeiros e técnicos que atuam na comissão de frente no combate contra a Covid-19 participarão do estudo no Hospital das Clínicas da USP (Universidade de São Paulo), além de mais voluntários em outros 11 centros de estudos que foram previamente selecionados, como a USCS (Universidade de São Caetano) .

As doses de teste seguem agora para o o Instituto Butantan, que encabeça o estudo. A partir da aplicação do imunizante, os voluntários serão avaliados a cada duas semanas, além de relatarem em diário os sintomas e estado de saúde diariamente. A estimativa é concluir os estudos em até 90 dias. Comprovada a eficácia, a vacina será produzida em larga escala a partir do início de 2021.

São Paulo tem hoje 416.434 mil casos da Covid-19 confirmados, com 19.788 mortes. 5.852 pacientes estão internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e outros 8.746 em enfermaria. 282.391 pessoas se recuperaram e 59.210 tiveram alta hospitalar.


 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;