Fechar
Publicidade

Sábado, 28 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Vendas do varejo cresceram 0,56% em novembro, diz IBGE


Do Diário OnLine

15/01/2007 | 09:51


Pelo quarto mês consecutivo, as vendas do comércio varejista em novembro registraram alta de 0,56% na comparação com outubro, enquanto a receita nominal subiu 0,93%, segundo números divulgados nesta segunda-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Já no confronto com outubro do ano passado, os crescimentos foram de 9,22% e 9,09%, respectivamente.

Na comparação com outubro, considerando quatro das oito atividades que compõem o setor, só houve resultados positivos: Móveis e eletrodomésticos (0,51%), Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (0,22%), Tecidos, vestuário e calçados (5,74%) e Combustíveis e lubrificantes (2,05%). Na mesma comparação, o segmento de Veículos, motos, partes e peças cresceu 1,01%.

Já no confronto com outubro de 2005, seis dos oito ramos do varejo tiveram aumento no volume de vendas: Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (9,17%); Móveis e eletrodomésticos (14,86%); Outros artigos de uso pessoal e doméstico (23,90%); Tecidos, vestuário e calçados (7,01%); Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (22,67%); e Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (3,42%). Sofreram queda Livros, jornais, revistas e papelaria (-3,11%) e Combustíveis e lubrificantes (-2,58%).

Por unidades da Federação, os resultados para o volume de vendas em novembro, em relação ao mês anterior, registraram 23 variações positivas e quatro quedas. As principais altas ocorreram no Acre (6,79%); Amazonas (4,04%); Distrito Federal (3,80%); Tocantins (3,61%) e Rio de Janeiro (3,23%). Já as quedas foram em Roraima (-3,13%); Rio Grande do Sul (-1,05%); Amapá (-0,89%); e São Paulo (-0,07%).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;