Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

São Caetano se reabilita e encerra jejum

Equipe, que não vencia o Oeste desde abril de 2010, aplicou 3 a 0, na noite desta terça-feira, em Itápolis


Marco Borba
Do Diário do Grande ABC

12/06/2013 | 00:26


O São Caetano encerrou jejum de três anos sem vitórias sobre o Oeste ao fazer 3 a 0 na equipe de Itápolis na noite de terça-feira, no Estádio dos Amaros, no Interior. Com o placar, foi a oito pontos e cumpre a missão de ficar fora da zona de rebaixamento da Série B do Brasileiro antes da pausa para as disputas da Copa das Confederações. O torneio da Fifa começa sábado e termina no dia 30. Foi a segunda vitória do time sob o comando de Marcelo Veiga.

A última vitória do Azulão sobre o Rubro-Negro se deu em abril de 2010 (3 a 1), em partida do Paulista. Em janeiro deste ano, os times se enfrentaram, também pelo Estadual, e empataram (1 a 1).

O São Caetano começou melhor a partida e, ao contrário de outros jogos, não ficou esperando o adversário. Buscou o campo ofensivo e abriu o placar logo aos cinco minutos. Renato Ribeiro recebeu de Samuel Xavier na entrada da área e bateu no canto direito de Fernando Leal.

Aos 18, o time teve outra chance. Jael recebeu livre e bateu com o pé esquerdo. O camisa um do Oeste desviou com leve toque e evitou o segundo do Azulão. Aos 23, a equipe ampliou. Fred cobrou falta, Fernando Leal soltou e Danilo Bueno aproveitou o rebote (2 a 0).

Embora estivesse em desvantagem, o Oeste foi valente e pressionou. Assim, criou duas boas chances de diminuir, uma em chute de Jefferson, que Rafael Santos desviou a escanteio, e outra em cabeçada de Wanderson. Novamente o goleiro do Azulão foi bem e fez defesa parcial. A zaga chegou rápido e afastou o perigo.

O São Caetano teve boa oportunidade para ampliar. Em saída rápida, Danilo Bueno viu Renato Ribeiro se projetando pela direita e lançou. O meia tentou encobrir Fernando Leal com toque de primeira por cobertura, mas a bola ganhou altura e saiu. Na jogada, Renato sentiu fisgada na coxa direita e foi substituído por Moradei.

Na etapa final, o São Caetano seguiu soberano, mas sua defesa continuou dando espaços e o Oeste quase diminuiu, aos 22 minutos. Antonio Carlos recebeu livre na direita, invadiu a área e bateu rasteiro. Rafael Santos saiu bem mais uma vez e defendeu em dois lances.

Só que a defesa do time mandante falhou aos 26, Jael deixou quatro para trás e encerrou a contagem com belo gol. Nos minutos finais, o Azulão, que volta a jogar apenas no dia 6, contra o Avaí, só administrou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Caetano se reabilita e encerra jejum

Equipe, que não vencia o Oeste desde abril de 2010, aplicou 3 a 0, na noite desta terça-feira, em Itápolis

Marco Borba
Do Diário do Grande ABC

12/06/2013 | 00:26


O São Caetano encerrou jejum de três anos sem vitórias sobre o Oeste ao fazer 3 a 0 na equipe de Itápolis na noite de terça-feira, no Estádio dos Amaros, no Interior. Com o placar, foi a oito pontos e cumpre a missão de ficar fora da zona de rebaixamento da Série B do Brasileiro antes da pausa para as disputas da Copa das Confederações. O torneio da Fifa começa sábado e termina no dia 30. Foi a segunda vitória do time sob o comando de Marcelo Veiga.

A última vitória do Azulão sobre o Rubro-Negro se deu em abril de 2010 (3 a 1), em partida do Paulista. Em janeiro deste ano, os times se enfrentaram, também pelo Estadual, e empataram (1 a 1).

O São Caetano começou melhor a partida e, ao contrário de outros jogos, não ficou esperando o adversário. Buscou o campo ofensivo e abriu o placar logo aos cinco minutos. Renato Ribeiro recebeu de Samuel Xavier na entrada da área e bateu no canto direito de Fernando Leal.

Aos 18, o time teve outra chance. Jael recebeu livre e bateu com o pé esquerdo. O camisa um do Oeste desviou com leve toque e evitou o segundo do Azulão. Aos 23, a equipe ampliou. Fred cobrou falta, Fernando Leal soltou e Danilo Bueno aproveitou o rebote (2 a 0).

Embora estivesse em desvantagem, o Oeste foi valente e pressionou. Assim, criou duas boas chances de diminuir, uma em chute de Jefferson, que Rafael Santos desviou a escanteio, e outra em cabeçada de Wanderson. Novamente o goleiro do Azulão foi bem e fez defesa parcial. A zaga chegou rápido e afastou o perigo.

O São Caetano teve boa oportunidade para ampliar. Em saída rápida, Danilo Bueno viu Renato Ribeiro se projetando pela direita e lançou. O meia tentou encobrir Fernando Leal com toque de primeira por cobertura, mas a bola ganhou altura e saiu. Na jogada, Renato sentiu fisgada na coxa direita e foi substituído por Moradei.

Na etapa final, o São Caetano seguiu soberano, mas sua defesa continuou dando espaços e o Oeste quase diminuiu, aos 22 minutos. Antonio Carlos recebeu livre na direita, invadiu a área e bateu rasteiro. Rafael Santos saiu bem mais uma vez e defendeu em dois lances.

Só que a defesa do time mandante falhou aos 26, Jael deixou quatro para trás e encerrou a contagem com belo gol. Nos minutos finais, o Azulão, que volta a jogar apenas no dia 6, contra o Avaí, só administrou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;