Fechar
Publicidade

Sábado, 28 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Vettel vai mal e Hamilton vence na casa do rival


Carlos Tadeu
especial para o Diário

25/07/2011 | 07:16


Lewis Hamilton, da McLaren, conquistou ontem a segunda vitória no Mundial de Fórmula 1, no Grande Prêmio da Alemanha, disputado no tradicional circuito de Nurburgring.

O inglês contou com a pior corrida do líder Sebastian Vettel no ano para garantir pódio com os três pilotos que ainda almejam o título mundial, com Fernando Alonso, da Ferrari, em segundo, e Mark Webber, da Red Bull, em terceiro.

Aliás, Vettel segue sem vencer em casa. Depois de largar na segunda fila pela primeira vez no ano, o piloto da Red Bull acabou ficando fora do pódio, algo que não havia ocorrido nesta temporada. O quarto lugar foi o pior resultado do alemão desde o GP da Coréia do Sul no ano passado, quando abandonou.

O brasileiro Felipe Massa, que chegou em quinto, foi atrapalhado na largada por uma manobra equivocada na tentativa de passar Sebastian Vettel, mas melhorou seu desempenho na pista e travou briga com o alemão para ficar em quarto lugar, distante do trio Hamilton/Alonso/Webber.

 

CORRIDA - Com a pista ainda úmida, mas sem chuva, o australiano Mark Webber, mais uma vez, não largou bem saindo na pole position e perdeu a liderança ao ser atacado por Lewis Hamilton. Felipe Massa também tentou ser agressivo na largada, mas acabou fechado ao tentar passar Sebastian Vettel e caiu para sexto.

 

O alemão fez sua pior corrida no ano, com direito a um erro cometido após ser ultrapassado pelo espanhol Fernando Alonso, tocando a roda na grama molhada e escapou da pista.

Hamilton demonstrou na 12ª volta duas características que lhe têm marcado na temporada, os erros e o arrojo. O inglês errou sozinho quando liderava a corrida e foi ultrapassado por Mark Webber, porém retomou o posto na mesma reta com bela ultrapassagem.

Mas a Red Bull tratou de recolocar Webber na liderança no trabalho realizado nos boxes em um período no qual Massa fez duas belas ultrapassagens sobre Vettel e Webber, antes de parar para trocar pneus e voltar ao pelotão intermediário.

Enquanto a McLaren levava desvantagem na estratégia nos boxes, Lewis Hamilton ainda conseguiu manter a liderança ao colocar pneus duros antes de Alonso e Webber, e ainda assim se manter veloz para vencer novamente, após ter chegado em primeiro no GP da China. O brasileiro Rubens Barrichello, da Williams, abandonou a prova na 18ª volta com problemas no motor.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vettel vai mal e Hamilton vence na casa do rival

Carlos Tadeu
especial para o Diário

25/07/2011 | 07:16


Lewis Hamilton, da McLaren, conquistou ontem a segunda vitória no Mundial de Fórmula 1, no Grande Prêmio da Alemanha, disputado no tradicional circuito de Nurburgring.

O inglês contou com a pior corrida do líder Sebastian Vettel no ano para garantir pódio com os três pilotos que ainda almejam o título mundial, com Fernando Alonso, da Ferrari, em segundo, e Mark Webber, da Red Bull, em terceiro.

Aliás, Vettel segue sem vencer em casa. Depois de largar na segunda fila pela primeira vez no ano, o piloto da Red Bull acabou ficando fora do pódio, algo que não havia ocorrido nesta temporada. O quarto lugar foi o pior resultado do alemão desde o GP da Coréia do Sul no ano passado, quando abandonou.

O brasileiro Felipe Massa, que chegou em quinto, foi atrapalhado na largada por uma manobra equivocada na tentativa de passar Sebastian Vettel, mas melhorou seu desempenho na pista e travou briga com o alemão para ficar em quarto lugar, distante do trio Hamilton/Alonso/Webber.

 

CORRIDA - Com a pista ainda úmida, mas sem chuva, o australiano Mark Webber, mais uma vez, não largou bem saindo na pole position e perdeu a liderança ao ser atacado por Lewis Hamilton. Felipe Massa também tentou ser agressivo na largada, mas acabou fechado ao tentar passar Sebastian Vettel e caiu para sexto.

 

O alemão fez sua pior corrida no ano, com direito a um erro cometido após ser ultrapassado pelo espanhol Fernando Alonso, tocando a roda na grama molhada e escapou da pista.

Hamilton demonstrou na 12ª volta duas características que lhe têm marcado na temporada, os erros e o arrojo. O inglês errou sozinho quando liderava a corrida e foi ultrapassado por Mark Webber, porém retomou o posto na mesma reta com bela ultrapassagem.

Mas a Red Bull tratou de recolocar Webber na liderança no trabalho realizado nos boxes em um período no qual Massa fez duas belas ultrapassagens sobre Vettel e Webber, antes de parar para trocar pneus e voltar ao pelotão intermediário.

Enquanto a McLaren levava desvantagem na estratégia nos boxes, Lewis Hamilton ainda conseguiu manter a liderança ao colocar pneus duros antes de Alonso e Webber, e ainda assim se manter veloz para vencer novamente, após ter chegado em primeiro no GP da China. O brasileiro Rubens Barrichello, da Williams, abandonou a prova na 18ª volta com problemas no motor.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;