Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 18 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Corpo de Olavo é velado em cerimônia com Ernesto Araújo e Allan dos Santos



26/01/2022 | 19:30


O escritor e autointitulado filósofo Olavo de Carvalho foi velado nesta quarta-feira, 26, na cidade de Petersburg, no interior do Estado da Virgínia. Cerca de 20 pessoas compareceram a uma cerimônia feita ao ar livre, em torno do local onde ele foi sepultado. Procurado pela Justiça brasileira, o blogueiro Allan dos Santos compareceu à cerimônia. O ex-chanceler Ernesto Araújo também compareceu, assim como o embaixador do Brasil em Washington, Nestor Forster.

O padre da St. Joseph Church, que Olavo costumava frequentar na cidade, foi chamado para conduzir a cerimônia realizada debaixo de um toldo azul no cemitério que leva o mesmo nome da igreja. O caixão chegou fechado. A família e os amigos deixaram o local antes de o caixão ser enterrado.

Olavo deu entrada no hospital John Randolph Medical Center em 14 de janeiro e chegou a ser colocado na UTI. No dia 15, o diagnóstico de covid-19 foi anunciado pelos administradores do seu grupo de Telegram, que congrega alunos e admiradores do escritor. Ele morreu na noite do dia 24.

A família não divulgou a causa da morte. Olavo minimizou a gravidade do vírus em suas manifestações recentes. O Departamento de Saúde do Estado da Virgínia e o hospital afirmaram que não podem divulgar informações sobre a saúde de um paciente sem consentimento da família.

No Brasil, um médico particular do escritor negou, em entrevista ao jornal O Globo, que a covid tenha causado a morte.

Radicado nos EUA há quase duas décadas, Olavo foi enterrado no cemitério católico romano Saint Joseph, a 15 quilômetros de onde vivia, no interior do Estado da Virgínia.

Olavo morava em uma pequena rua sem saída no subúrbio de Petersburg, a 41 quilômetros do centro de Richmond, capital da Virgínia. A maior parte das casas vizinhas têm uma bandeira dos EUA hasteada no quintal da frente - uma delas, em frente a uma pequena igreja batista, tem uma bandeira do movimento "Blue Lives Matter", de apoio à força policial e contraponto ao movimento antirracismo Black Lives Matter.

Agentes de segurança fizeram a proteção do funeral e impediram que a imprensa acompanhasse o momento. O adeus a Olavo de Carvalho durou cerca de uma hora. Na véspera do enterro, aliados do escritor diziam que a família gostaria de levar o corpo ao Brasil, enquanto, na Virgínia, a família organizava sem alarde o sepultamento de Olavo nos EUA, como ele pedia. Mesmo amigos de longa data não foram avisados. Rompida com o pai e os irmãos, Heloísa de Carvalho, uma das filhas de Olavo, também não foi convidada.

Forster era próximo a Olavo de Carvalho, que conheceu através de um amigo em comum: o jornalista Paulo Francis. O diplomata apresentou Ernesto Araújo ao autointitulado filósofo. Um ano depois, Olavo indicou Araújo ao governo Bolsonaro como sugestão de nome para assumir o Itamaraty.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;