Fechar
Publicidade

Sábado, 18 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Festival de Teatro de Mauá começa nesta terça


Mauro Fernando
Do Diário do Grande ABC

14/07/2002 | 18:45


A Fetema (Federação de Teatro de Mauá) pretende demonstrar que a produção teatral da cidade tem qualidade. O 1º Festival de Teatro de Mauá promovido pela Fetema começa nesta terça com Cachorro!, texto e direção de Ênio Gonçalves, que também atua. Até o dia 31, tomam o palco do Teatro Municipal de Mauá 16 montagens, das quais duas são dirigidas ao público infantil.

“A Fetema, fundada em 1997, representa 11 grupos de Mauá. Resolvemos fazer um festival não competitivo para não provocar intrigas entre as companhias. Este é o momento de unir os grupos. O intuito do evento é valorizar a produção teatral de Mauá. Estamos pensando em qualidade, não em quantidade”, afirma o presidente da Federação, Paulo Cardoso.

Para a Fetema, a defesa do teatro de Mauá é uma prioridade. “A cidade tem grandes profissionais e trabalhos finalistas do Mapa Cultural Paulista. Mauá é uma força no teatro do Grande ABC, nossas produções são tão boas quanto as de fora que se apresentam na cidade”, diz Cardoso.

Além das apresentações, o festival conta com uma palestra, dois workshops e uma oficina. “Queremos atrair o público que quer informações sobre teatro. Há muita gente em Mauá querendo saber por onde começar a fazer teatro”, afirma Cardoso.

O tema da palestra de Luís Alberto de Abreu, no dia 18, é a dramaturgia contemporânea. Caio Evangelista comanda workshop sobre a evolução do teatro nos dias 20 e 21. Os dias 23 e 24 estão reservados para a oficina sobre commedia dell‘arte, pilotada por Ronaldo Morais e James Silva. No dia 27, Cardoso conduz o workshop sobre filosofia e formação de grupos. p> Cachorro! é uma das quatro peças convidadas – as outras são Morte e Vida Severina, com o grupo Palácio das Artes, O Último Dia de um Condenado, com a Cia. Algazarra Teatral, e Homens de Papel, com o Grupo Luz e Ribalta. Ao expor a situação de moradores de rua, Cachorro! toca em questões como a exclusão social, a condição da mulher, a sexualidade e o papel das religiões. O Teatro Municipal fica na rua Gabriel Marques, s/nº. Tel.: 4512-7594.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Festival de Teatro de Mauá começa nesta terça

Mauro Fernando
Do Diário do Grande ABC

14/07/2002 | 18:45


A Fetema (Federação de Teatro de Mauá) pretende demonstrar que a produção teatral da cidade tem qualidade. O 1º Festival de Teatro de Mauá promovido pela Fetema começa nesta terça com Cachorro!, texto e direção de Ênio Gonçalves, que também atua. Até o dia 31, tomam o palco do Teatro Municipal de Mauá 16 montagens, das quais duas são dirigidas ao público infantil.

“A Fetema, fundada em 1997, representa 11 grupos de Mauá. Resolvemos fazer um festival não competitivo para não provocar intrigas entre as companhias. Este é o momento de unir os grupos. O intuito do evento é valorizar a produção teatral de Mauá. Estamos pensando em qualidade, não em quantidade”, afirma o presidente da Federação, Paulo Cardoso.

Para a Fetema, a defesa do teatro de Mauá é uma prioridade. “A cidade tem grandes profissionais e trabalhos finalistas do Mapa Cultural Paulista. Mauá é uma força no teatro do Grande ABC, nossas produções são tão boas quanto as de fora que se apresentam na cidade”, diz Cardoso.

Além das apresentações, o festival conta com uma palestra, dois workshops e uma oficina. “Queremos atrair o público que quer informações sobre teatro. Há muita gente em Mauá querendo saber por onde começar a fazer teatro”, afirma Cardoso.

O tema da palestra de Luís Alberto de Abreu, no dia 18, é a dramaturgia contemporânea. Caio Evangelista comanda workshop sobre a evolução do teatro nos dias 20 e 21. Os dias 23 e 24 estão reservados para a oficina sobre commedia dell‘arte, pilotada por Ronaldo Morais e James Silva. No dia 27, Cardoso conduz o workshop sobre filosofia e formação de grupos. p> Cachorro! é uma das quatro peças convidadas – as outras são Morte e Vida Severina, com o grupo Palácio das Artes, O Último Dia de um Condenado, com a Cia. Algazarra Teatral, e Homens de Papel, com o Grupo Luz e Ribalta. Ao expor a situação de moradores de rua, Cachorro! toca em questões como a exclusão social, a condição da mulher, a sexualidade e o papel das religiões. O Teatro Municipal fica na rua Gabriel Marques, s/nº. Tel.: 4512-7594.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;