Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 17 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Bolsonaro nega ter participado diretamente de troca do 'número 2' da Receita

Valter Campanato/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Segundo presidente, responsáveis foram o ministro da Economia e o secretário especial da Receita



20/08/2019 | 11:25


O presidente da República, Jair Bolsonaro, negou ter participado diretamente da troca do "número 2" da Receita Federal, João Paulo Ramos Fachada. Segundo Bolsonaro, os responsáveis pela decisão foram o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o secretário especial da Receita, Marcos Cintra.

"A decisão foi deles lá", disse o presidente ao deixar o Palácio da Alvorada. "Todo mundo reclama da Receita, em especial quem está pagando ou está sendo investigado. Agora, se eu fosse fazer uma campanha, uma vez chegando, deixar tudo como está, então fora. O que tiver que mudar, eu vou mudar. E converso com os ministros, com o Guedes, Marcos Cintra. Isso aí... A decisão foi deles lá", declarou.

Questionado se não atuou pela exoneração de Ramos Fachada, Bolsonaro "disse que não participa disso daí". "Eu não tenho como saber o que acontece em 22 ministérios", respondeu.

De acordo com o presidente, outras demissões ocorreram no governo desde o início do ano para "evitar problemas". "Tiveram várias demissões preventivas, tem que trocar, ou vocês acham que mudou tudo no Brasil? Infelizmente tem gente pensando com a cabeça de antigamente."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bolsonaro nega ter participado diretamente de troca do 'número 2' da Receita

Segundo presidente, responsáveis foram o ministro da Economia e o secretário especial da Receita


20/08/2019 | 11:25


O presidente da República, Jair Bolsonaro, negou ter participado diretamente da troca do "número 2" da Receita Federal, João Paulo Ramos Fachada. Segundo Bolsonaro, os responsáveis pela decisão foram o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o secretário especial da Receita, Marcos Cintra.

"A decisão foi deles lá", disse o presidente ao deixar o Palácio da Alvorada. "Todo mundo reclama da Receita, em especial quem está pagando ou está sendo investigado. Agora, se eu fosse fazer uma campanha, uma vez chegando, deixar tudo como está, então fora. O que tiver que mudar, eu vou mudar. E converso com os ministros, com o Guedes, Marcos Cintra. Isso aí... A decisão foi deles lá", declarou.

Questionado se não atuou pela exoneração de Ramos Fachada, Bolsonaro "disse que não participa disso daí". "Eu não tenho como saber o que acontece em 22 ministérios", respondeu.

De acordo com o presidente, outras demissões ocorreram no governo desde o início do ano para "evitar problemas". "Tiveram várias demissões preventivas, tem que trocar, ou vocês acham que mudou tudo no Brasil? Infelizmente tem gente pensando com a cabeça de antigamente."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;