Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Serra e Aécio se colocam à 'disposição' para conversa com Lula


Do Diário OnLine

21/11/2006 | 08:38


Derrotada nas urnas, a oposição começa a se aproximar de Luiz Inácio Lula da Silva. Nesta segunda-feira, os dois principais governadores eleitos do PSDB, José Serra (São Paulo) e Aécio Neves (Minas Gerais), deixaram claro que estão abertos a conversas e negociações com o presidente.

Após anunciar os nomes de nove novos secretários, Serra se colocou à "disposição" para um contato inicial. No entanto, durante um surto de 'etiqueta política', afirmou que não pretende fazer exigências ou reivindicações a Lula. "No primeiro encontro, nunca é bom já chegar reivindicando."

Aécio, depois de receber o embaixador da China, Chen Duqing, no Palácio das Mangabeiras, também apoiou um encontro com Lula. "Somos oposição, esse é o papel que as urnas, a população brasileira nos delegou por esse próximo período. Mas isso não impede que nós ajudemos o Brasil a avançar naquilo que pudermos fazer", disse.

O governador mineiro, reeleito logo no primeiro turno, também admitiu que Lula tem mostrado intenção de se aproximar dos Estados e municípios. "O grande gesto do presidente Lula em favor do país será, a meu ver, o da compreensão que precisa ser dada condições para que municípios e Estados reencontrem a sua capacidade de investimento. Alguns sinais até nessa direção têm ocorrido."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Serra e Aécio se colocam à 'disposição' para conversa com Lula

Do Diário OnLine

21/11/2006 | 08:38


Derrotada nas urnas, a oposição começa a se aproximar de Luiz Inácio Lula da Silva. Nesta segunda-feira, os dois principais governadores eleitos do PSDB, José Serra (São Paulo) e Aécio Neves (Minas Gerais), deixaram claro que estão abertos a conversas e negociações com o presidente.

Após anunciar os nomes de nove novos secretários, Serra se colocou à "disposição" para um contato inicial. No entanto, durante um surto de 'etiqueta política', afirmou que não pretende fazer exigências ou reivindicações a Lula. "No primeiro encontro, nunca é bom já chegar reivindicando."

Aécio, depois de receber o embaixador da China, Chen Duqing, no Palácio das Mangabeiras, também apoiou um encontro com Lula. "Somos oposição, esse é o papel que as urnas, a população brasileira nos delegou por esse próximo período. Mas isso não impede que nós ajudemos o Brasil a avançar naquilo que pudermos fazer", disse.

O governador mineiro, reeleito logo no primeiro turno, também admitiu que Lula tem mostrado intenção de se aproximar dos Estados e municípios. "O grande gesto do presidente Lula em favor do país será, a meu ver, o da compreensão que precisa ser dada condições para que municípios e Estados reencontrem a sua capacidade de investimento. Alguns sinais até nessa direção têm ocorrido."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;