Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 24 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Escolas do Grande ABC ganham verba de R$ 2 mi


Sérgio Campos e Valéria Cabrera
Da Redaçao

02/11/2000 | 19:57


A Secretaria de Estado da Educaçao vai liberar R$ 2,17 milhoes para 53 escolas do Grande ABC, dinheiro que será usado para obras de cobertura em quadras poliesportivas. Em todo Estado, serao beneficiadas cerca de mil escolas de rede estadual de ensino, em um investimento total de R$ 30 milhoes. O dinheiro faz parte da verba adicional para Educaçao liberada pelo governador Mário Covas na semana passada.

Das escolas da regiao, 50 já possuem quadras e receberao o valor de R$ 40 mil cada para obras de cobertura. Duas escolas receberao R$ 70 mil para obras de construçao e cobertura. Uma delas receberá R$ 30 mil somente para obras de construçao da quadra (veja relaçao das escolas no quadro desta página).

De acordo com informaçoes da Secretaria de Estado da Educaçao, para receber o benefício as escolas deveriam ter, obrigatoriamente, salas de 5ª a 8ª séries do ensino fundamental (antigo 1º grau), além de projetos que integram alunos e comunidade em atividades dentro da escola.

Esse é o caso da EE Brazília Tondi de Lima, que fica na Vila Sao José, em Sao Bernardo, uma das 53 escolas beneficiadas da regiao. A unidade, com 2.870 alunos, faz parte do Projeto Parceiros do Futuro, abrindo suas portas nos fins de semana para a comunidade.

Segundo a diretora da escola, Ceiko Simoyama David, a cobertura trará muitos benefícios para os estudantes. "A escola é composta por jovens, e a prática de esportes é o que mais os atrai. A cobertura permitirá que eles desenvolvam as atividades físicas mesmo quando chove", disse.

A estudante Cristina Martins, 15 anos, recebeu a notícia da cobertura da quadra com muito entusiasmo. "Quando chove, temos de fazer aula de educaçao física nas salas de aula, com jogos como dama e dominó. Agora, vamos ter aula independentemente do tempo", disse Cristina, que utiliza a quadra também nas aulas vagas para jogar vôlei.

O estudante Leonardo Alexandre, 20 anos, que freqüenta as atividades do Projeto Parceiros do Futuro, disse que a cobertura vai ajudar o desenvolvimento das atividades nos fins de semana. "Na periferia nao temos muitas opçoes de lazer e com a cobertura teremos mais condiçoes de nos divertir", afirmou.

O professor de Educaçao Física Edivaldo Goes Júnior ressaltou a importância das atividades esportivas para o desenvolvimento global dos alunos. "Por meio de jogos, além do desenvolvimento motor, eles aprendem o que é socializaçao, trabalho em equipe, cooperaçao e também a lidar com situaçoes de derrota e vitória", disse o professor, que vê a cobertura da quadra como um meio de garantir o desenvolvimento de suas atividades com os alunos.

Obras - A verba para a cobertura das quadras será liberado em etapas, à medida em que as obras tiverem andamento. Segundo informaçoes da secretaria, é de responsabilidades das APMs (Associaçoes de Pais e Mestres) a contrataçao da empreiteira responsável pela obra, por meio de licitaçao pública.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Escolas do Grande ABC ganham verba de R$ 2 mi

Sérgio Campos e Valéria Cabrera
Da Redaçao

02/11/2000 | 19:57


A Secretaria de Estado da Educaçao vai liberar R$ 2,17 milhoes para 53 escolas do Grande ABC, dinheiro que será usado para obras de cobertura em quadras poliesportivas. Em todo Estado, serao beneficiadas cerca de mil escolas de rede estadual de ensino, em um investimento total de R$ 30 milhoes. O dinheiro faz parte da verba adicional para Educaçao liberada pelo governador Mário Covas na semana passada.

Das escolas da regiao, 50 já possuem quadras e receberao o valor de R$ 40 mil cada para obras de cobertura. Duas escolas receberao R$ 70 mil para obras de construçao e cobertura. Uma delas receberá R$ 30 mil somente para obras de construçao da quadra (veja relaçao das escolas no quadro desta página).

De acordo com informaçoes da Secretaria de Estado da Educaçao, para receber o benefício as escolas deveriam ter, obrigatoriamente, salas de 5ª a 8ª séries do ensino fundamental (antigo 1º grau), além de projetos que integram alunos e comunidade em atividades dentro da escola.

Esse é o caso da EE Brazília Tondi de Lima, que fica na Vila Sao José, em Sao Bernardo, uma das 53 escolas beneficiadas da regiao. A unidade, com 2.870 alunos, faz parte do Projeto Parceiros do Futuro, abrindo suas portas nos fins de semana para a comunidade.

Segundo a diretora da escola, Ceiko Simoyama David, a cobertura trará muitos benefícios para os estudantes. "A escola é composta por jovens, e a prática de esportes é o que mais os atrai. A cobertura permitirá que eles desenvolvam as atividades físicas mesmo quando chove", disse.

A estudante Cristina Martins, 15 anos, recebeu a notícia da cobertura da quadra com muito entusiasmo. "Quando chove, temos de fazer aula de educaçao física nas salas de aula, com jogos como dama e dominó. Agora, vamos ter aula independentemente do tempo", disse Cristina, que utiliza a quadra também nas aulas vagas para jogar vôlei.

O estudante Leonardo Alexandre, 20 anos, que freqüenta as atividades do Projeto Parceiros do Futuro, disse que a cobertura vai ajudar o desenvolvimento das atividades nos fins de semana. "Na periferia nao temos muitas opçoes de lazer e com a cobertura teremos mais condiçoes de nos divertir", afirmou.

O professor de Educaçao Física Edivaldo Goes Júnior ressaltou a importância das atividades esportivas para o desenvolvimento global dos alunos. "Por meio de jogos, além do desenvolvimento motor, eles aprendem o que é socializaçao, trabalho em equipe, cooperaçao e também a lidar com situaçoes de derrota e vitória", disse o professor, que vê a cobertura da quadra como um meio de garantir o desenvolvimento de suas atividades com os alunos.

Obras - A verba para a cobertura das quadras será liberado em etapas, à medida em que as obras tiverem andamento. Segundo informaçoes da secretaria, é de responsabilidades das APMs (Associaçoes de Pais e Mestres) a contrataçao da empreiteira responsável pela obra, por meio de licitaçao pública.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;