Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Centro Cultural de Diadema realiza mostra de teatro


Do Diário OnLine

28/04/2004 | 08:51


O Centro Cultural Serraria, em Diadema, inicia neste sábado a 5ª Mostra de Teatro. A programação inclui 11 peças teatrais, duas leituras dramáticas, workshop de expressão corporal, além de debate e palestra com diretores de teatro. As peças acontecem sempre às 19h30 e todas as atividades são gratuitas.

Neste ano, a programação traz peças dos mais variados gêneros, produzidas por 11 grupos teatrais do município. A maioria dos espetáculos são adaptações de textos de importantes dramaturgos, como Inútil Canto, de Plínio Marcos e Graciliano Ramos; Valsa nº 6, de Nelson Rodrigues; O Marinheiro, de Fernando Pessoa, entre outros.

Na direção dos espetáculos estão nomes experientes do cenário teatral da região, como o do ator Alberto Chagas, que apresenta, dia 7, a leitura dramática Dentro de Nós, e da assessora de Literatura de Diadema, Elizabeth Brait Alvim, que no dia 9 coordena a leitura do texto Os Olhos Cor de Mel de James Dean, de autoria de Zeno Wilde.

A novidade da 5ª Mostra de Teatro do Serraria fica por conta da atriz e diretora Mônica Rodrigues, à frente do grupo Tufo, que apresenta no dia 15 o Diário de Um Louco. Trata-se de uma peça interativa, que será apresentada em duas sessões, com o número limitado de 17 pessoas para cada sessão. Parte da peça será encenada em uma residência do bairro e termina dentro do centro cultural.

A abertura da mostra será feita pelo grupo Catulos, com a peça Quando as Máquinas Param, baseada em texto de Plínio Marcos. Sob direção de Ademilson Garcia, o espetáculo retrata a dura realidade e da decadência da estrutura familiar.

Debate e Palestra — Além de peças, a 5ª Mostra de Teatro do Serraria terá dois encontros com profissionais da área teatral. O objetivo é debater temas relacionados à produção cênica.

No dia 14, às 19h, o diretor e professor de teatro da Universidade de Campinas e da Universidade de Paris, Jean-Jacques Moutin, fará um debate sobre o longa-metragem A Última Tempestade. Dirigido por Peter Greenaway, o filme foi baseado na obra de William Shakespeare, A Tempestade.

Às 13h do dia 29, o diretor Ednaldo Freire dará palestra sobre o tema Teatro em Tempo de Ditadura. Ele falará sobre a criação artística durante o período da ditadura, mencionando a censura e a resistência dos que insistiam em manter viva a produção teatral da época.

O Centro Cultural Serraria fica na rua Guarani, no bairro de Serraria. Informações pelo telefone 4056-4950.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Centro Cultural de Diadema realiza mostra de teatro

Do Diário OnLine

28/04/2004 | 08:51


O Centro Cultural Serraria, em Diadema, inicia neste sábado a 5ª Mostra de Teatro. A programação inclui 11 peças teatrais, duas leituras dramáticas, workshop de expressão corporal, além de debate e palestra com diretores de teatro. As peças acontecem sempre às 19h30 e todas as atividades são gratuitas.

Neste ano, a programação traz peças dos mais variados gêneros, produzidas por 11 grupos teatrais do município. A maioria dos espetáculos são adaptações de textos de importantes dramaturgos, como Inútil Canto, de Plínio Marcos e Graciliano Ramos; Valsa nº 6, de Nelson Rodrigues; O Marinheiro, de Fernando Pessoa, entre outros.

Na direção dos espetáculos estão nomes experientes do cenário teatral da região, como o do ator Alberto Chagas, que apresenta, dia 7, a leitura dramática Dentro de Nós, e da assessora de Literatura de Diadema, Elizabeth Brait Alvim, que no dia 9 coordena a leitura do texto Os Olhos Cor de Mel de James Dean, de autoria de Zeno Wilde.

A novidade da 5ª Mostra de Teatro do Serraria fica por conta da atriz e diretora Mônica Rodrigues, à frente do grupo Tufo, que apresenta no dia 15 o Diário de Um Louco. Trata-se de uma peça interativa, que será apresentada em duas sessões, com o número limitado de 17 pessoas para cada sessão. Parte da peça será encenada em uma residência do bairro e termina dentro do centro cultural.

A abertura da mostra será feita pelo grupo Catulos, com a peça Quando as Máquinas Param, baseada em texto de Plínio Marcos. Sob direção de Ademilson Garcia, o espetáculo retrata a dura realidade e da decadência da estrutura familiar.

Debate e Palestra — Além de peças, a 5ª Mostra de Teatro do Serraria terá dois encontros com profissionais da área teatral. O objetivo é debater temas relacionados à produção cênica.

No dia 14, às 19h, o diretor e professor de teatro da Universidade de Campinas e da Universidade de Paris, Jean-Jacques Moutin, fará um debate sobre o longa-metragem A Última Tempestade. Dirigido por Peter Greenaway, o filme foi baseado na obra de William Shakespeare, A Tempestade.

Às 13h do dia 29, o diretor Ednaldo Freire dará palestra sobre o tema Teatro em Tempo de Ditadura. Ele falará sobre a criação artística durante o período da ditadura, mencionando a censura e a resistência dos que insistiam em manter viva a produção teatral da época.

O Centro Cultural Serraria fica na rua Guarani, no bairro de Serraria. Informações pelo telefone 4056-4950.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;