Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 24 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Horácio Neto inicia neste sábado série de minicomícios


Beto Silva
Do Diário do Grande ABC

30/08/2008 | 07:12


Uma nova tática de campanha será iniciada neste sábado pelo candidato à Prefeitura de São Caetano Horácio Neto (Psol). O prefeiturável, que até então mantinha atividades rotineiras como corpo a corpo em centros comerciais, caminhadas pelas principais vias da cidade e visitas a feiras livres, começa a série de sete minicomícios que serão realizados em apenas dois dias.

A nova ação de campanha do socialista será iniciada às 9h30, com discurso na Praça da Riqueza, no bairro Prosperidade, e encerrada domingo, às 13h, na Estrada das Lágrimas no bairro Mauá. Ao todo, serão visitadas seis localidades do município.

Com os minicomícios, Horácio Neto espera "esquentar" o período eleitoral, que entra na reta final - faltam apenas 35 dias para a votação, em 5 de outubro. "Pretendemos acalorar a campanha, mas não com ataques e sim com debate político", considerou.

A estratégia do prefeiturável também visa levar ao maior número de bairros possível, no menor espaço de tempo, suas propostas para a cidade. E não teme o desinteresse das pessoas em participar de atividades políticas.

"Independentemente da quantidade de eleitores, divulgaremos nossa mensagem. Em experiências anteriores, tivemos boa receptividade, pois, quando começamos a falar as pessoas saem nas janelas das casas. Nossa expectativa é boa", calculou o candidato.

Atividades - Na sexta-feira, Horácio Neto fez panfletagem na região central da cidade e caminhou pelo comércio da Rua Roberto Simonsen. Também visitou os bares do bairro Olímpico no período noturno.

O socialista disseminou a proposta do Psol baseada na tripartite transparência, inversão de prioridades e participação popular. O prefeiturável ressaltou que a gestão pública tem de promover o acesso às informações e não funcionar igual a "uma caixa-preta, como ocorre atualmente".

Sobre a inversão de prioridades, Horácio criticou a "política cristalizada em obras". "Não há necessidade de tantas construções. Tem de ser preservado o que já existe e investir no serviço público de qualidade." O candidato defendeu ainda a consulta popular antes da implantação de projetos da administração.

O petista Jayme Tortorello esteve sexta-feira na entrada da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) 28 de Julho. Na oportunidade, o pleiteante conversou com pais dos alunos da instituição de ensino que, no ano passado, passou a ser de responsabilidade da Prefeitura.

Jayme ressaltou que não é contra a municipalização, mas não concorda com o processo utilizado para transformar dez escolas estaduais em municipais. "O certo seria conversar com as famílias, com os alunos e professores sobre o melhor caminho a seguir. O sistema foi implementado de maneira precipitada, o que ocasionou problemas com os estudantes da 1ª e 2ª séries", discorreu o petista sobre o imbróglio acerca da idade da entrada das crianças no primeiro ano do Ensino Fundamental.

O prefeiturável fará campanha neste sábado em quatro bairros de São Caetano.

Candidato à reeleição, o prefeito José Auricchio Júnior não teve agenda ontem. Neste sábado, reúne-se com integrantes da coordenação de campanha para finalizar o plano de governo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Horácio Neto inicia neste sábado série de minicomícios

Beto Silva
Do Diário do Grande ABC

30/08/2008 | 07:12


Uma nova tática de campanha será iniciada neste sábado pelo candidato à Prefeitura de São Caetano Horácio Neto (Psol). O prefeiturável, que até então mantinha atividades rotineiras como corpo a corpo em centros comerciais, caminhadas pelas principais vias da cidade e visitas a feiras livres, começa a série de sete minicomícios que serão realizados em apenas dois dias.

A nova ação de campanha do socialista será iniciada às 9h30, com discurso na Praça da Riqueza, no bairro Prosperidade, e encerrada domingo, às 13h, na Estrada das Lágrimas no bairro Mauá. Ao todo, serão visitadas seis localidades do município.

Com os minicomícios, Horácio Neto espera "esquentar" o período eleitoral, que entra na reta final - faltam apenas 35 dias para a votação, em 5 de outubro. "Pretendemos acalorar a campanha, mas não com ataques e sim com debate político", considerou.

A estratégia do prefeiturável também visa levar ao maior número de bairros possível, no menor espaço de tempo, suas propostas para a cidade. E não teme o desinteresse das pessoas em participar de atividades políticas.

"Independentemente da quantidade de eleitores, divulgaremos nossa mensagem. Em experiências anteriores, tivemos boa receptividade, pois, quando começamos a falar as pessoas saem nas janelas das casas. Nossa expectativa é boa", calculou o candidato.

Atividades - Na sexta-feira, Horácio Neto fez panfletagem na região central da cidade e caminhou pelo comércio da Rua Roberto Simonsen. Também visitou os bares do bairro Olímpico no período noturno.

O socialista disseminou a proposta do Psol baseada na tripartite transparência, inversão de prioridades e participação popular. O prefeiturável ressaltou que a gestão pública tem de promover o acesso às informações e não funcionar igual a "uma caixa-preta, como ocorre atualmente".

Sobre a inversão de prioridades, Horácio criticou a "política cristalizada em obras". "Não há necessidade de tantas construções. Tem de ser preservado o que já existe e investir no serviço público de qualidade." O candidato defendeu ainda a consulta popular antes da implantação de projetos da administração.

O petista Jayme Tortorello esteve sexta-feira na entrada da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) 28 de Julho. Na oportunidade, o pleiteante conversou com pais dos alunos da instituição de ensino que, no ano passado, passou a ser de responsabilidade da Prefeitura.

Jayme ressaltou que não é contra a municipalização, mas não concorda com o processo utilizado para transformar dez escolas estaduais em municipais. "O certo seria conversar com as famílias, com os alunos e professores sobre o melhor caminho a seguir. O sistema foi implementado de maneira precipitada, o que ocasionou problemas com os estudantes da 1ª e 2ª séries", discorreu o petista sobre o imbróglio acerca da idade da entrada das crianças no primeiro ano do Ensino Fundamental.

O prefeiturável fará campanha neste sábado em quatro bairros de São Caetano.

Candidato à reeleição, o prefeito José Auricchio Júnior não teve agenda ontem. Neste sábado, reúne-se com integrantes da coordenação de campanha para finalizar o plano de governo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;