Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

OMC autoriza UE a aplicar sanções de US$ 4 bi aos EUA


Da AFP

30/08/2002 | 10:14


A Organização Mundial do Comércio (OMC) fixou em US$ 4 bilhões o montante das sanções financeiras que a União Européia tem direito de impor aos Estados Unidos por ter concedido vantagens fiscais a seus exportadores, informou esta sexta-feira uma fonte diplomática.

A UE avaliou em novembro de 2000 em US$ 4 bilhões anuais as perdas causadas a empresas européias por uma norma fiscal americana, a "Foreign Sales Corporations (FSC)", que atua como subsídio à exportação graças a um desconto fiscal de 30% a empresas exportadoras.

Em janeiro, a OMC confirmou em recurso a condenação desta disposição e fez calcular o lucro perdido da UE por seus próprios especialistas. Os Estados Unidos, que admitiram esta informação das regras da OMC, avaliou estas perdas em US$ 900 milhões.

Desde a primeira demanda da UE diante da OMC, os Estados Unidos anunciaram um projeto de modificação desta lei. Cabe agora a Bruxelas decidir se aplica ou não estas sanções financeiras antes da modificação da legislação americana.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

OMC autoriza UE a aplicar sanções de US$ 4 bi aos EUA

Da AFP

30/08/2002 | 10:14


A Organização Mundial do Comércio (OMC) fixou em US$ 4 bilhões o montante das sanções financeiras que a União Européia tem direito de impor aos Estados Unidos por ter concedido vantagens fiscais a seus exportadores, informou esta sexta-feira uma fonte diplomática.

A UE avaliou em novembro de 2000 em US$ 4 bilhões anuais as perdas causadas a empresas européias por uma norma fiscal americana, a "Foreign Sales Corporations (FSC)", que atua como subsídio à exportação graças a um desconto fiscal de 30% a empresas exportadoras.

Em janeiro, a OMC confirmou em recurso a condenação desta disposição e fez calcular o lucro perdido da UE por seus próprios especialistas. Os Estados Unidos, que admitiram esta informação das regras da OMC, avaliou estas perdas em US$ 900 milhões.

Desde a primeira demanda da UE diante da OMC, os Estados Unidos anunciaram um projeto de modificação desta lei. Cabe agora a Bruxelas decidir se aplica ou não estas sanções financeiras antes da modificação da legislação americana.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;