Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 21 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

União repassa R$ 7,8 mi para prefeituras petistas


Leandro Baldini
Da Sucursal de Diadema

30/08/2008 | 07:13


Em meio às eleições municipais, as prefeituras de Santo André e Diadema, ambas chefiadas pelo PT, receberam a quantia de R$ 7,8 milhões do governo federal no último dia 22, em recursos referentes a convênios assinados.

Ao todo, a administração andreense recebeu R$ 3,3 milhões, divididos em dois repasses destinados para o setor da Habitação, enquanto para Diadema foram enviadas nove remessas, que somaram R$ 4,4 milhões. Os investimentos também ficaram concentrados nos setores habitacional e de saneamento.

O montante enviado às duas cidades somente no dia 22 quase atinge o valor repassado a todas as prefeituras do Grande ABC nos cinco primeiros meses deste ano: R$ 8,4 milhões. Ao contrário das opiniões emitidas pelos prefeitos não-petistas na ocasião, desta vez as prefeituras administradas por eles (São Bernardo, São Caetano, Mauá e Ribeirão Pires - Rio Grande não tem parcerias) preferiram evitar analogia entre os repasses e o suposto favorecimento político. Além disso, garantiram que o envio de verbas referentes aos convênios segue normalmente.

O especialista em direito eleitoral Fernando Neisser comenta "que por se tratar de convênios já firmados não caracteriza favorecimento político".

Argumento - As prefeituras petistas afirmaram que os repasses correspondem às obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Um dos valores de Diadema (R$ 1.431.623,32) integra os serviços de revitalização e urbanização do Núcleo Habitacional Naval. Os demais repasses referem-se a ações de saneamento, como a troca de 70 mil hidrômetros.

Em Santo André, a diretora de Habitação, Walkiria Gois, explica que as verbas serão utilizadas para urbanizar os Núcleos do Alzira Franco e do Jardim Irene. "São convênios que foram assinados há cerca de um ano. Nossa administração foi contemplada com mais rapidez, porque antes mesmo do PAC já tínhamos inúmeros projetos para urbanização", explicou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

União repassa R$ 7,8 mi para prefeituras petistas

Leandro Baldini
Da Sucursal de Diadema

30/08/2008 | 07:13


Em meio às eleições municipais, as prefeituras de Santo André e Diadema, ambas chefiadas pelo PT, receberam a quantia de R$ 7,8 milhões do governo federal no último dia 22, em recursos referentes a convênios assinados.

Ao todo, a administração andreense recebeu R$ 3,3 milhões, divididos em dois repasses destinados para o setor da Habitação, enquanto para Diadema foram enviadas nove remessas, que somaram R$ 4,4 milhões. Os investimentos também ficaram concentrados nos setores habitacional e de saneamento.

O montante enviado às duas cidades somente no dia 22 quase atinge o valor repassado a todas as prefeituras do Grande ABC nos cinco primeiros meses deste ano: R$ 8,4 milhões. Ao contrário das opiniões emitidas pelos prefeitos não-petistas na ocasião, desta vez as prefeituras administradas por eles (São Bernardo, São Caetano, Mauá e Ribeirão Pires - Rio Grande não tem parcerias) preferiram evitar analogia entre os repasses e o suposto favorecimento político. Além disso, garantiram que o envio de verbas referentes aos convênios segue normalmente.

O especialista em direito eleitoral Fernando Neisser comenta "que por se tratar de convênios já firmados não caracteriza favorecimento político".

Argumento - As prefeituras petistas afirmaram que os repasses correspondem às obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Um dos valores de Diadema (R$ 1.431.623,32) integra os serviços de revitalização e urbanização do Núcleo Habitacional Naval. Os demais repasses referem-se a ações de saneamento, como a troca de 70 mil hidrômetros.

Em Santo André, a diretora de Habitação, Walkiria Gois, explica que as verbas serão utilizadas para urbanizar os Núcleos do Alzira Franco e do Jardim Irene. "São convênios que foram assinados há cerca de um ano. Nossa administração foi contemplada com mais rapidez, porque antes mesmo do PAC já tínhamos inúmeros projetos para urbanização", explicou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;