Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Marinho insiste em Suplicy para ser puxador de votos na Câmara

Marina Brandão 15/9/15 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Para salvar bancada petista, ex-prefeito quer ver ex-senador como candidato a deputado


Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

10/03/2018 | 07:00


Sem a garantia da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e com receio de redução da bancada do PT na Câmara Federal, o presidente estadual do partido e ex-prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, tem insistido para que o ex-senador e atual vereador da Capital Eduardo Suplicy abra mão de tentar voltar ao Senado para ser candidato a deputado e seja o principal puxador de votos para o PT na eleição de outubro.

A estratégia visa dar sobrevida à bancada federal petista para que o partido continue com fatia considerável do fundo partidário e com tempo de televisão e rádio, já que a reforma eleitoral aprovada no ano passado pelo Congresso Nacional prevê o cálculo ao acesso a esses direitos a partir do desempenho eleitoral dos partidos na Câmara Federal.

O ex-senador, porém, tem se mostrado irredutível. Ao Diário, Suplicy admitiu a investida de Marinho. “Há cerca de dois meses e meio, no Instituto Lula, numa reunião entre eu, o (ex-)presidente Lula e o presidente estadual do partido, Luiz Marinho, ele (Marinho) me disse que, se eu quisesse ser candidato a deputado federal com intuito de ajudar na eleição da bancada, o partido me daria um tempo maior no horário eleitoral. Mas me disseram que se eu quisesse ser candidato a senador, iam aceitar.”

Apesar do aval que o ex-senador alega ter da cúpula do petismo, Suplicy tem viajado pelo Estado a fim de coletar assinaturas de militantes em apoio ao seu projeto ao Senado. O parlamentar, inclusive, criou um site (www.assinesuplicysenador.com.br) para dar força ao projeto. Nas redes sociais, Suplicy já publicou vídeos de figuras do partido, como a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), declarando adesão à sua candidatura ao Senado. “Centenas de pessoas têm manifestado suas opiniões no meu Facebook e a grande maioria expressa que quer que eu volte para o Senado. Tem alguns que falam que querem me ver governador, outros a presidente (da República) e relativamente poucos me pedem para sair candidato a deputado federal”, sustentou Suplicy, ao emendar que, como senador, terá “maior força e possibilidade de levar propostas adiante”.

Nessa empreitada em busca de adesão, amanhã Suplicy estará em São Bernardo, em encontro do diretório do PT, onde falará do seu desejo em voltar para o Senado no próprio quintal de Marinho. Após ter sido derrotado por José Serra (PSDB), em 2014, Suplicy foi candidato a vereador no pleito de 2016 e, com 301.446 votos, foi o principal puxador de votos para o partido na disputa por vaga na Câmara paulistana. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;